POLÊMICA

Em entrevista ao 'NYT', Lula nega existência do mensalão

Em entrevista ao 'NYT', Lula nega existência do mensalão
27/08/2012 00:00 - Terra


Em entrevista ao jornal americano NY Times publicada no sábado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a negar a existência do mensalão. "Não acredito que tenha ocorrido", disse, afirmando que o Partido dos Trabalhadores (PT) não tinha necessidade de compra de votos, pois já havia assegurado a maioria no Congresso com alianças políticas.

O ex-presidente disse, contudo, que vai respeitar a decisão do tribunal sobre o caso. "Se alguém é culpado, deve ser punido, se for inocente, deve ser absolvido", declarou Lula.

O NYT ressalta a trajetória política de Lula, desde os tempos de sindicalista. "Agora, Lula e sua criação daqueles tempos, o Partido dos Trabalhadores, estão enfrentando um de seus momentos mais graves", diz o NYT sobre o mensalão.

O jornal americano também destaca o retorno de Lula à linha de frente na política. A publicação descreve Lula como "um dos maiores ícones na política brasileira" e cita o empenho do ex-presidente na campanha de candidatos à prefeitura, o que estaria gerando controvérsias ao transformar antigos rivais em aliados.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".