domingo, 22 de julho de 2018

DESPEDIDA

Em discurso hoje, Lula pedirá que não perguntem sobre seu futuro

23 DEZ 2010Por folha online09h:36

No mais longo pronunciamento feito em oito anos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedirá aos brasileiros hoje, em rede nacional, que "não perguntem sobre seu futuro".

Em entrevistas, o presidente tem deixado em aberto a possibilidade de voltar a se candidatar à Presidência.

"Não me perguntem sobre o meu futuro, porque vocês já me deram um grande presente. Perguntem, sim, pelo futuro do Brasil. E acreditem nele. Porque temos motivos de sobra para isso", dirá Lula hoje à noite.

Será seu último pronunciamento como presidente da República. A fala vai ao ar em rede nacional às 20h (horário de Brasília). O tom será emocional, marcando a despedida de Lula.

O presidente fará um balanço das realizações do governo e passará uma mensagem de otimismo em relação ao futuro do país e da administração de sua sucessora, Dilma Rousseff.

Lula pedirá também que o povo apoie a futura presidente "em todos os momentos", como o apoiou.

O pronunciamento foi gravado na manhã da última segunda-feira na biblioteca do Palácio da Alvorada, residência presidencial em Brasília. A versão final, que irá ao ar, tem 11 minutos.

A fala de Lula foi escrita pelo publicitário João Santana, responsável pela campanha de Dilma. O ministro Franklin Martins (Comunicação) e o próprio Lula revisaram e fizeram sugestões.

Durante as gravações, na segunda, Lula se emocionou por diversas vezes. Chegou a chorar. A gravação chegou a ser interrompida. Poucos assessores acompanharam.

Leia Também