Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Em dia dourado, Brasil reassume 7º lugar e cumpre meta paralímpica

9 SET 12 - 06h:00terra

Durante toda a Paralimpíada de Londres, não houve dia mais brilhante para o Brasil do que este sábado. Foram cinco medalhas douradas, que resultaram no retorno do País à sétima posição do quadro de medalhas. E, desta vez, não poderá mais ser alcançado, já que a Alemanha, adversária direta na classificação desde o início da competição, não briga por mais nenhum ouro.

A sétima colocação era a meta do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para Londres. O presidente da entidade, Andrew Parsons, já comentava o objetivo meses antes do início da competição, projetando também a conquista de cerca de 20 medalhas, o que se confirmou hoje, e o quinto lugar geral em 2016.

As vitórias brasileiras deste sábado vieram principalmente da bocha, onde Dirceu Pinto foi bicampeão olímpico individual da classe BC4 e Maciel Sousa Santos conquistou o ouro na BC2. No atletismo, Shirlene Coelho foi campeã no lançamento de dardo F37/38. A Seleção de futebol de 5 tornou-se tricampeã paralímpica, já que tinha sido a vencedora também em Atenas e Pequim. O maior medalhista brasileiro em Paralimpíadas, o nadador Daniel Dias, não passou em branco e levou seu sexto ouro em Londres, desta vez nos 100 m livre S5.

O dia teve ainda Lucas Prado e Felipe Gomes com prata e bronze nos 100 m T11, no atletismo. Eliseu dos Santos, na bocha, foi bronze na mesma categoria de Dirceu Pinto. Claudiney dos Santos finalizou o sábado com uma prata no lançamento de dardo F57/58.

A Alemanha, por outro lado, não conquistou nenhuma medalha dourada neste sábado e viu a diferença de três ouros (18 a 15) imposta na última sexta-feira tornar-se uma desvantagem de dois (20 a 18).

A China, líder disparada desde o início da Paralimpíada, atingiu a incrível marca de 231 medalhas, sendo 95 delas de ouro, 71 de prata e 65 de bronze. A Rússia assumiu a vice-liderança, com 35 ouros, deixando a anfitriã Grã-Bretanha para trás, com 33. Ucrânia, com 32, Austrália, com 31, e EUA, com 30, aparecem na sequência.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Receita recupera R$ 5,2 bilhões em dívidas de empresas com o Simples
ECONOMIA

Receita recupera R$ 5,2 bilhões em dívidas de empresas com o Simples

Confira lista dos presos foragidos no presídio paraguaio
FRONTEIRA

Confira lista dos presos foragidos no presídio paraguaio

McGregor nocauteia Cerrone em 40s na luta principal do UFC 246
NOCAUTE TÉCNICO

McGregor nocauteia Cerrone em 40s na luta principal do UFC 246

Thiago Maia chega ao Rio para acertar com o Flamengo e realizar 'sonho' do pai
ASSINAR CONTRATO

Thiago Maia chega ao Rio para acertar com o Flamengo e realizar 'sonho' do pai

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião