Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Em Corumbá, grupo de Valter acusa uso do Vale Renda em favor de Moka

Em Corumbá, grupo de Valter acusa uso do Vale Renda em favor de Moka
08/03/2010 09:20 -


Pereira denunciou a utilização do Programa Vale Renda, em Corumbá, para a compra de votos em favor do deputado Waldemir Moka, nas prévias do PMDB. No município, o deputado ganhou a disputa com mais de 200 votos de diferença de Valter. “Vamos investigar se vai aumentar o número de filiados do PMDB beneficiados pelo programa que deveria cumprir sua função social e não ser usado para fins partidários”, disse o vice-prefeito de Corumbá, Ricardo Eboli (PMDB), após o anúncio do resultado das prévias. Eboli coordenou a campanha de Valter Pereira e acredita que há indícios de suborno. O deputado federal Waldemi r Moka foi apoiado em Corumbá pelo grupo do vereador Oséas Ohara e sua esposa, ex-vereadora Solange Ohara, que é coordenadora política do Governo do Estado na região. Dourados Em Dourados, Valter Pereira venceu as prévias do PMDB com 61 votos de diferença em relação a Moka – recebeu 282 votos contra 221 do deputado federal. O clima de disputa entre os cabos eleitorais começou antes mesmo de o plenário da Câmara ser aberto para a entrada dos eleitores, mas não houve incidentes. O deputado federal Geraldo Resende disse que o PMDB não irá rachar por causa desta disputa interna, pois “mostrou que o partido é forte, que tinha muita gente adormecida. Mas, hoje esteve votando, mostrando a cara do PMDB”.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!