Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

PREFEITURA

Em Campo Grande, pesquisa do Ibope frustra a oposição

18 AGO 2012Por JESSICA BENITEZ00h:00

O resultado da pesquisa do Ibope/TV Morena (Globo) frustrou a expectativa dos candidatos a prefeito de Campo Grande, que se queixaram da amostragem do Ipems divulgada esta semana pelo Correio do Estado. Os números foram semelhantes, indicando o deputado federal Edson Giroto (PMDB), candidato governista, à frente do seu principal concorrente, deputado estadual Alcides Bernal (PP). Depois de atacar duramente a pesquisa do Ipems, o progressista não escondeu a sua insatisfação com o desempenho mostrado pelo Ibope.

Ele não acredita na hipótese de Giroto estar à sua frente nas duas pesquisas. Para Bernal, tudo não passa de jogo político para beneficiar o peemedebista. No Ibope, Giroto aparece com 37% das intenções de voto, Bernal ficou em segundo com 30%, Vander Loubet (PT) com 7%, Reinaldo Azambuja (PSDB) com 5%, Marcelo Bluma (PV) e Sidney Melo (PSOL) com 1% cada e Suél Ferranti (PSTU) com 0%.

Na pesquisa do Ipems, Bernal tinha 31,33% e Giroto 37,33%. O candidato do PP buscou saída paliativa para justificar a sua posição na corrida eleitoral em Campo Grande defendendo a necessidade de análise mais apurada ‘a essa altura do campeonato’, pois, em sua opinião, há muito interesse em jogo, fato que pode interferir nos resultados das pesquisas.

De encontro com o discurso do candidato do PT está a opinião do prefeito da Capital, NelsinhoTrad (PMDB). Ele avalia a pesquisa do Ibope e do Ipems como confirmação de que o eleitor está percebendo o que é melhor para cidade e, por isso, acredita na eleição do seu sucessor já no primeiro turno

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também