Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FUTEBOL

Em busca da vaga antecipada, Inter pede respeito ao Jaguares

Em busca da vaga antecipada, Inter pede respeito ao Jaguares
05/04/2011 13:49 - TERRA


O Internacional pode, nesta quarta-feira, consolidar a classificação para a próxima fase da Libertadores. Basta empatar no México, contra o Jaguares, que o clube colorado garante a vaga como segundo colocado do seu grupo. Se vencer, pode se classificar como o primeiro colocado, caso não leve uma goleada histórica na última rodada diante dos equatorianos do Emelec, dentro do Beira-Rio, na ultima rodada da fase de grupos.

"Nós temos a chance de ter uma das melhores campanhas, mas para isto temos que vencer aqui no México, que vai ser muito complicado. Nós temos que respeitar este adversário que tem muita qualidade", disse o volante Guiñazu, que nesta quarta-feira irá completar 200 jogos com a camisa do Inter.

Com diferença de nove gols no saldo contra o Emelec (10 contra 1), o goleiro Lauro disse que tem a receita para o Inter voltar do México com a classificação garantida para as oitavas de final da Libertadores da América.

"Vamos tentar explorar as qualidades do nosso time, que é ter a bola e trabalhar bem lá na frente para não correr riscos atrás. Se for olhar a nossa campanha, ela é impecável, já que pontuamos em todas as partidas, vencendo três dos quatro jogos. Sabemos como jogar na Libertadores e vamos tentar manter essa maneira de jogar fora de casa", destacou o goleiro colorado.

O técnico Celso Roth vai comandar um treinamento fechado na tarde desta terça-feira, no Estádio Victor Manuel Reyna, local do jogo contra o Jaguares. O meia Oscar esta recuperado da pancada no tornozelo, e deve atuar normalmente.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.