segunda, 16 de julho de 2018

Novilho precoce

Em 4 anos, incentivo soma R$ 28,1 milhões

28 OUT 2010Por Vera Halfen00h:01

O incentivo estadual à produção do Novilho Precoce, em Mato Grosso do Sul, está atraindo os produtores rurais do Estado. Somente neste ano, até agosto, já foram repassados R$ 5,4 milhões por meio do sub–programa Novilho Precoce MS. No atual governo o incentivo concedido aos credenciados foi de R$ 28,1 milhões conforme dados da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur).

De 2007 até agosto desse ano 1.357.061 milhão animais foram abatidos nos 21 frigoríficos credenciados no Estado. Desses, 77,8% foram classificados como precoce, um volume de 1.057.020 milhão de cabeças – os quais receberam o incentivo de R$ 28,1 milhões. Só entre janeiro/agosto desse ano 257.032 mil animais foram abatidos dos quais 195.798 mil como precoce - recebendo um incentivo de R$ 5,4 milhões.

A meta de promover o desenvolvimento da pecuária sul-mato-grossense para atender os mercados mais exigentes reflete no incentivo a eficiência e a eficácia dos pecuaristas, premiando com incentivo financeiro, a qualidade do animal. O incentivo estadual a pecuária de corte competitiva e de acordo com as boas práticas agropecuárias vem motivando, atraindo e incentivando produtores rurais na produção.

Visando a manutenção da qualidade do programa, em paralelo aos avanços já alcançados, o Governo do Estado está reformulando a Resolução Conjunta n. 33 (Seprotur/Secretaria de Fazenda), de 16 de junho de 2003, redefinindo as normas que estabelecem os procedimentos do Programa prevendo, principalmente, a inclusão dos frigoríficos do Estado com Serviço de Inspeção Estadual (SIE), para que os mesmos também possam ser credenciados para o abate de Novilhos Precoces, procedimento este que não era previsto anteriormente por esta Resolução.

Atualmente, 4.233 pecuaristas são beneficiados pelos incentivos repassados aos 73 municípios atendidos pelo o Sub-Programa Novilho Precoce MS. Para os pecuaristas que ainda não fazem parte desse grupo, mas que estão interessados em participar do programa, maiores detalhes podem ser obtidos através do site www.seprotur.ms.gov.br ou diretamente pelo link http://www.seprotur.ms.gov.br/index.php?inside=1&tp=3&comp=1758&show=1147. Outros esclarecimentos pelo telefone (67) 3318-5023. Com informações da Seprotur.

Leia Também