Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

BRASIL

Em 2010, foram devolvidos 1,76% de cheques

18 JAN 2011Por INFOMONEY08h:51

O volume de cheques devolvidos em 2010 ficou em 1,76%, segundo dados do Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundo, divulgado nesta terça-feira (18).

De acordo com a instituição, este foi o menor percentual verificado desde 2004, quando houve 1,58% de devoluções.

Para os da Serasa, o resultado registrado é derivado da preferência do consumidor por formas de financiamento com prazos mais longos que o pré-datado e com a possibilidade de fazer pagamentos mínimos, como no cartão de crédito.

O consumidor, por conta do endividamento, reverteu a queda na devolução de cheques por falta de fundos, entre maio a outubro de 2010, e usou mais este instrumento nos últimos dois meses do ano, para evitar, sobretudo, atingir o limite do cartão de crédito.

Comparações
Considerando apenas o mês de dezembro, conforme dados da Serasa, a inadimplência com cheques em geral subiu para 1,72%, ante 1,68% apurado no mês anterior.

Na comparação com igual período do ano passado, o total de cheques devolvidos caiu, já que na época marcou índice de 1,87%, conforme tabela abaixo:

 Período  Percent. Devolvidos   Tot. Devolvidos  Tot. Compensados
Jan-Dez/10 1,76% 19.761.969 1.120.407.984
Jan-Dez/09 2,15% 26.524.812 1.234.970.882
Dez/10 1,72% 1.663.150 96.626.171
Dez/09 1,87% 1.987.597 106.342.677
Nov/10 1,68% 1.597.377 94.934.248

Previsão
Os analistas da instituição defendem que, no primeiro trimestre de 2011, com o pagamento dos impostos (IPTU e IPVA) e das despesas escolares, haverá pressão no orçamento doméstico, podendo gerar novos acréscimos na inadimplência com cheques.

Leia Também