Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 18 de dezembro de 2018

USINA DE SÃO DOMINGOS

Eletrosul indeniza Ribas e Água Clara por construção

19 MAR 2011Por da redação09h:44

O diretor de operações da Eletrosul, Ronaldo Custódio, assina hoje, 19 de março, termos de compromisso com as prefeituras de Água Clara e Ribas do Rio Pardo, para a realização de investimentos compensatórios pelo impacto de implantação da usina hidrelétrica São Domingos, que está sendo construída no Rio Verde, na divisa dos dois municípios. Entre as várias demandas dos municípios, a Eletrosul aprovou investimentos em saúde, segurança e infra-estrutura, em acordo intermediado pelo senador Delcídio do Amaral (PT/MS)

Em Ribas a empresa investirá na aquisição de patrulha mecanizada que terá uma pá carregadeira e seis caminhões basculantes . Como contrapartida, a prefeitura assume o compromisso de conservação e manutenção das estradas e acessos até a usina . Para Água Clara, onde está situada a maior parte da obra, a Eletrosul assumiu o compromisso de fazer a reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para o hospital municipal Nossa Senhora Aparecida, entre eles uma ambulância e um raio-x, além do fornecimento de um ônibus para o transporte escolar de alunos da zona rural.

Para ambas as localidades, ainda está previsto o desenvolvimento de ações conjuntas entre a Eletrosul e as prefeituras para a obtenção de financiamento junto a Eletrobras, destinado a execução do Programa RELUZ, que substituirá a rede de iluminação pública existente por outra mais moderna e econômica.

A área de patrocínios a projetos sociais também será beneficiada com a liberação de R$ 30 mil por ano a cada município, para aplicação em projetos sociais e institucionais.

A assinatura dos protocolos ocorrerá às 9h30min, na prefeitura de Ribas do Rio Pardo, com o prefeito Roberson Moureira, e às 14h30, em Água Clara, com o prefeito Edivaldo Queirós, o “Topete”.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também