Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VIRTUAL

Eletrodoméstico foi produto mais comprado por internautas

Eletrodoméstico foi produto mais comprado por internautas
23/03/2011 00:02 - INFOMONEY


Livros, CDs e DVDs não são mais os produtos mais comprados pela internet pelos brasileiros. Em 2010, quem assumiu a liderança foram os eletrodomésticos.

Os dados constam em pesquisa realizada pela e-bit, em parceria com a camara-e.net (Câmara Brasileira do Comércio Eletrônico) e divulgada ontem (22).

“Houve uma mudança de comportamento não só do consumidor, mas das lojas ao longo dos últimos anos. Em 2001, os mais vendidos eram CDs, DVDs e livros, que tiveram impacto negativo de downloads que podem ser realizados pela internet”, afirmou o diretor de Marketing e Produtos da e-bit, Alexandre Umberti.

Mercado
No ano de 2010, a indústria de comércio eletrônico faturou R$ 14,8 bilhões, o que representou um acréscimo de 40% frente ao ano anterior.

As categorias mais vendidas foram Eletrodomésticos (14%), Livros, Assinaturas de Revista e Jornais (12%), Saúde, Beleza e Medicamentos (12%), Informática (11%) e Eletrônicos (7%).

Os bons resultados do ano passado, de acordo com a e-bit, podem ser creditados ao incremento de vendas que o ano teve em períodos específicos, como a Copa do Mundo. O evento colaborou efetivamente para o aumento na venda de televisores de tela fina, especialmente aparelhos LCD.

De acordo com o diretor-geral da e-bit, Pedro Guasti, o que se percebe é que o brasileiro está comprando mais na internet e também optando por produtos de maior valor agregado, mais precisamente notebooks, desktops e televisores de tecnologia avançada.

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?