Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Crime

Eletricista é executado com 5 tiros em baile de Porto Murtinho

6 AGO 2012Por VÂNYA SANTOS11h:00

O eletricista Gilson Benitez de Oliveira, de 30 anos, foi executado com cinco tiros durante baile que acontecia por volta das 19h, no Clube do Laço Carandá, que fica na BR 267, na área rural de Porto Murtinho. O autor foi apontado como sendo o paraguaio Roberto Carlos Ayala Duarte, de 39 anos, que foi preso após perseguição.

Testemunhas relataram que Roberto Carlos chegou no local durante o baile carapé, chamou Gilson e desferiu cinco tiros contra ele. A vítima foi atingida por três tiros no tórax, um na cabeça e outro em um dos braços.

O autor fugiu em direção a rodovia e tentou se esconder num matagal, mas foi perseguido, alcançado e preso por policiais militares, que estavam no local. Revoltadas, testemunhas tentaram espancar Roberto Carlos, mas foram impedidas por policiais, que estavam de folga.

Gilson foi socorrido e encaminhado para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. Já o autor foi levado para a delegacia. A polícia investiga ainda o que teria motivado o assassinato do eletricista.  

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também