Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

poder

Eleito presidente da CCJ, Cunha diz que caso mensalão o atormenta

2 MAR 11 - 13h:34FOLHA ONLINE

Com 54 votos favoráveis e 2 brancos, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) foi eleito presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, a mais importante da Casa.

Em seu discurso de posse, o petista, que é réu no processo do mensalão, disse que o caso o atormentava, mas que isso não vai deixar afetar o seu trabalho.

Cunha disse ainda que o processo, classificado por ele como "espécie de uma guerra", mudou a sua vida.

"Todos podem ficar com a consciência tranquila, que minha tranquilidade seja incorporada por vocês. Assim como em toda a guerra esse processo atingiu a vida dos outros de uma maneira que não temos como medir as consequências. Não poderia tomar posse sem fazer referência a isso", afirmou.

O deputado lembrou ainda que foi o deputado mais votado em São Paulo pelo seu partido.

Cunha foi indicado pelo PT para comandar a comissão mais importante da Câmara após travar uma disputa interna com o ex-presidente da legenda Ricardo Berzoini (SP). Depois da briga, ficou acertado que ele será substituído por Berzoini no próximo ano.

O vice do parlamentar será Arthur Oliveira Maia (PMDB-BA). Paulo Maluf (PP-SP) também faz parte da comissão.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Prisão de Temer é importante para amadurecimento da democracia, diz Mourão

BRASIL

TRF-2 definirá recursos de Temer e Moreira na próxima semana

BRASIL

Prisão de Moreira Franco teve ajuda de advogado de voo e de taxista na rua

ECONOMIA

BNDES apresenta nova linha de crédito para micro e pequena empresas

Mais Lidas