sexta, 20 de julho de 2018

CÂMARA DE DOURADOS

Eleição da Mesa Diretora acontece hoje

11 FEV 2011Por DIÁRIO MS13h:14

A Câmara de Dourados deve realizar hoje à noite a eleição da Mesa Diretora para os próximos dois anos. Ontem o presidente em exercício Dirceu Longhi (PT) disse que não há mais motivos para adiar a eleição, pois a Câmara precisa definir a nova mesa diretora para dar fim às especulações.
“Já colocamos a Casa em ordem. Os trabalhos estão acontecendo satisfatoriamente, mas precisamos definir a situação para que todos saibam suas funções e a sociedade tenha condições de acompanhar as ações desenvolvidas pelo poder legislativo”, afirmou Dirceu.

Segundo o presidente, a convocação para a sessão está amparada nos artigos 188, I e 20, do regimento interno e a Lei Orgânica do Município, onde prevê que a convocação dos vereadores para sessão extraordinária deve ser comunicada com “até 72 horas de antecedência”.

Dirceu Longhi, que assumiu a presidência interinamente em outubro de 2010, afirma que cumpriu seu papel transitório, dando todas as condições de trabalho possíveis às comissões processantes instaladas e andamento normal em todos os projetos da Câmara. “Cumprimos com nossa função, agora esperamos que dentro da normalidade democrática e respeito aos poderes estabilizados nosso município continue seu caminho de desenvolvimento com justiça social”, disse.

Apesar das declarações do presidente em exercício, há um grupo de vereadores contrário à realização da eleição agora, antes da posse do prefeito eleito. Outros entendem que a eleição deveria acontecer após concluídos os trabalhos das comissões processantes que apuram denúncias contras os vereadores indiciados pela Polícia Federal, quando da Operação Uragano. Assim, daria oportunidade dos vereadores suplentes também participarem da eleição com direito a disputar cargos na Mesa.

Hoje, por exemplo, apenas três vereadores estariam habilitados a disputar o cargo de presidente da Câmara – o próprio Dirceu Longhi, Gino Ferreira (DEM) e Idenor Machado (DEM).

MANDADO DE SEGURANÇA

Por sua vez, a prefeita interina Delia Razuk (PMDB) entrou, ontem à tarde, com mandado de segurança na 6ª Vara Cível visando garantir sua participação na eleição da Mesa da Câmara. “Independente de qualquer atitude a ser tomada pelo Legislativo, antes de ser prefeita interina, sou vereadora e presidente da Casa, haja vista só estar à frente da Prefeitura para cumprir o que determina a lei, ou seja, como presidente da Câmara assumi o cargo de prefeito em vista da vacância provocada pela renúncia do então prefeito, do vice-prefeito e do presidente da Câmara”, disse ela ontem ao Douranews.

Leia Também