Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 15 de fevereiro de 2019 - 23h06min

Emoção

'Ele foi minha inspiração', diz mulher com câncer no velório de Alencar

30 MAR 11 - 18h:00G1

A aposentada Ezimar Vieira, de 51 anos, se emocionou durante o velório do ex-vice-presidente José Alencar na tarde desta quarta-feira (30), no Palácio do Planalto. Ela contou ter câncer no intestino há quatro anos e meio. "Ele foi minha maior inspiração, durante todo esse tempo. Me inspirei na força que ele transmitia", disse.

Ela entrou pela fila dos populares e chorou muito em frente ao caixão, chamando atenção dos familiares presentes. Ezimar disse que completou 51 anos nesta quarta.

"Eu tenho sofrido tanto. Sei o que ele sofreu. Mas eu tive forças. Ele foi um grande herói. Eu tenho lutado contra esse câncer também. Eu não tinha condições, mas vim dizer adeus a esse grande herói que me inspirou e me deu forças", afirmou a aposentada, que mora em Samambaia, a 25 quilômetros do centro de Brasília.

Ezimar também pediu à presidente Dilma Rousseff que "olhe um pouco mais" pelos pacientes com câncer. "Fui comprar uma medicação que custa R$ 3 mil. Não é fácil o câncer, é muito triste."


Cerca de 2.200 pessoas passaram até as 15h pelo velório do ex-vice-presidente no Palácio do Planalto. O público começou a ter a acesso ao velório por volta das 11h45. José Alencar, 79 anos, morreu às 14h41 desta terça (29) em razão de câncer e falência múltipla de órgãos.
No início da tarde, era grande a movimentação na rampa do palácio e no Salão Nobre, onde está o caixão de Alencar. É a primeira vez que populares são autorizados a subir a rampa, desde a morte do presidente Tancredo Neves, em 1985, quando a população também homenageou o chefe de estado.

Missa com Dilma e Lula


A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva devem chegar ao Brasil às 20h desta quarta-feira, segundo a assessoria da Presidência. Assim que desembarcarem na Base Aérea de Brasília, eles vão diretamente para o Palácio do Planalto, para o velório do ex-vice-presidente. Uma missa será realizada após a chegada da presidente.


Dilma e Lula estavam em Portugal e embarcaram para o Brasil às 10h55, horário de Brasília. Dilma foi à Portugal para participar da cerimônia de entrega do título de "doutor honoris causa" pela Universidade de Coimbra ao ex-presidente Lula.


Durante a cerimônia, Lula dedicou o título "honoris causa" a José Alencar. "Perdeu-se um grande homem, que estaria muito feliz por esta distinção, que será dedicada a ele", afirmou Lula. Antes da cerimônia, Lula conversou rapidamente com os jornalistas e disse que vivia um dia ao mesmo tempo alegre e triste.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

TRAGÉDIA

Funcionários da Vale são presos por rompimento de barragem de Brumadinho

BRASIL

União pagou R$ 565 milhões em dívidas atrasadas de estados em janeiro

TRAGÉDIA

Procuradoria defende júri popular para acusados por tragédia em Boate Kiss

TRAGÉDIA

Justiça determina que Vale retire animais das áreas de risco em Barão de Cocais

Mais Lidas