Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POUPANÇA

Educação financeira na família começa cada vez mais cedo

Educação financeira na família começa cada vez mais cedo
13/01/2014 00:00 - DA REDAÇÃO


Trocar fralda, acordar de madrugada para dar mamadeira, encontrar uma boa escola e.... poupar, sim, poupar. A preocupação com o futuro financeiro dos filhos está cada vez mais inserida no “pacotão” de responsabilidades que envolve a missão de ser pai, segundo reportagem na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Educar financeiramente a criança e abrir uma conta de investimento futuro, antes mesmo dos primeiros passos do bebê, é realidade para as famílias e instituições financeiras, que estão atentas aos “promissores clientes”.

“Quando era criança, não tive muito essa noção de educação financeira, de poupar, então, agora a gente tenta passar para eles, pelo menos a gente ensina, né, e espera que eles aprendam e repitam quando ficarem adultos”, revela Jucélia Maria Barbosa, de 34 anos, sobre a preocupação que ela e o marido têm na hora de educar os filhos, Joane, de 4 anos, e Caique, de 8 anos. A reportagem é de Paula Vitorino.

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?