Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Economia na conta de luz pode chegar a até 30% com uso de aquecedor solar

22 ABR 2011Por r706h:30

uem paga a conta de luz sabe: ao lado da geladeira e do ar condicionado, o chuveiro elétrico é o principal vilão na conta de energia elétrica. A instalação de um sistema de aquecimento solar em casa praticamente elimina os gastos do chuveiro e ainda pode reduzir o valor da conta mensal de luz em até 30%, segundo cálculos da Abrava (Associação Brasileira de Ar Condicionado, Refrigeração, Ventilação e Aquecimento).

O diretor do departamento de energia solar da associação, Marcelo Mesquita, explica que, dependendo das condições climáticas, o sistema é capaz de aquecer 80% da água quente necessária.

- Considerando uma família de quatro pessoas, em que cada pessoa toma um banho de dez minutos por dia, a despesa mensal na conta de luz só com o chuveiro é de R$ 44,72. Com o sistema de aquecimento solar, a família terá uma economia mensal de R$ 35,78 [considerando o aproveitamento de 80% do sistema de aquecimento]. A economia de energia [no fim do mês] vai chegar a, pelo menos, 30%.

A instalação de um sistema de aquecimento solar para uma família de quatro pessoas custa, em média, R$ 1.800. Para o diretor do departamento de energia solar, o investimento compensa porque a economia na conta de luz é maior que o rendimento de uma aplicação conservadora.

- Se você tem isso na poupança, compensa tirar e aplicar na energia solar. A economia que você tem por mês é maior que o que rende a poupança.

O consultor financeiro da IGF Gerenciamento Financeiro, Alexandre Lignos, alerta que, apesar da economia “prometida” de 30% na conta mensal de energia, o consumidor pode levar muito tempo para pagar o equipamento e deixar de ganhar com os juros – ainda que baixos – da poupança.

- No caso de uma conta de luz de R$ 100, teríamos uma economia mensal de 30%, ou seja, de R$ 30. Com isso, seriam necessários seis anos e dois meses para recuperar os R$ 1.800 do investimento no equipamento, sem contar que o consumidor poderia estar com esse dinheiro rendendo na poupança. Também temos que lembrar do custo de manutenção e na durabilidade do equipamento.

Aquecedor em casa popular

Em 2010, de acordo com Mesquita, foram produzidos 967 mil metros quadrados de coletores de energia solar em 2010 - uma alta de 21% sobre 2009.

Boa parte desses coletores foram colocados nas moradias do Minha Casa, Minha Vida – programa habitacional do governo federal – e nas casas da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) – órgão do governo paulista.

- O Minha Casa Minha Vida contratou 40 mil equipamentos [de aquecimento solar] em 2010, um número bastante considerável. Há uma ascensão de uma faixa da população que usualmente não usariam o aquecimento solar e compraria um chuveiro de R$ 30. O mesmo acontece no CDHU, cujos empreendimentos têm aquecimento solar.

Para o consultor financeiro, o aquecimento solar compensa nesse caso das moradias populares porque “a manutenção é rateada e existe a possibilidade de negociar preços na hora de comprar equipamentos ou peças”. 

Quando compensa?

A troca do chuveiro elétrico pelo sistema de aquecimento solar, para Lignos, só compensa para as casas cujos gastos com energia solar são muito grandes.

- Para quem tem uma casa grande e uma conta proporcional a ela, a instalação do aquecimento solar compensa. Agora, para a grande maioria da população, que tem um custo baixo com energia, o equipamento é relativamente caro, assim como a manutenção, e não compensa.

Leia Também