Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

OAB-MS

'É um depósito humano', diz Comissão sobre presídio feminino

17 JAN 14 - 16h:51Gabriel Maymone

No segundo dia de visitas aos presídios da Capital, a Comissão Provisória da OAB-MS sobre o assunto constatou situação alarmante. “É um depósito humano com uma condição degradante”, diz o vice-presidente da comissão, Luiz Carlos Saldanha Junior. O grupo visitou hoje o Presídio de Trânsito e no Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi.

“No feminino a situação é mais grave com internas grávidas dormindo no chão, com os filhos e filhas das detentas sem um espaço pedagógico e lúdico. Uma verdadeira desolação. As crianças sobrevivem por doações”, relata Saldanha.

Para o presidente da Comissão, Carlos Magno Couto, a imagem encontrada nos alojamentos do presídio feminino “nos pareceu um regresso à idade média. A cobertura dos alojamentos é de telha de amianto, gerando um calor excessivo, com total insalubridade e falta de ventilação. Algumas presidiárias cumprem pena em lugares inadequados, como por exemplo, em ‘cela forte’, em razão de serem rejeitadas por outras detentas pelos crimes que praticaram”, diz.

No Presídio de Trânsito as 49 celas que deveriam abrigar até 188 presos, acomodam 499 apenados. No Estabelecimento Penal Feminino, onde convivem 386 presas, são apenas 13 celas, com capacidade máxima para atender 231 mulheres.

O objetivo das visitas é elaborar um relatório apontando uma radiografia dos presídios no Estado. O documento será entregue para o Conselho Federal que irá reunir relatórios de todas as seccionais do País. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RIO DE JANEIRO

Reforma é concluída e pista do Santos Dumont volta a operar normalmente

Psita ficou fechada por quase um mês
Árvores em contato com fiação podem causar incêndios e choque elétrico
DIA DA ÁRVORE

Árvores em contato com fiação podem causar incêndios e choque elétrico

Em período de reprodução de aves, mulher é presa por roubar periquitos
MULTA DE R$ 10 MIL

Mulher é presa por roubar periquitos em ninho

ESTADO GRAVE

Policial Militar é baleado na cabeça com tiro de fuzil durante abordagem

Tiros foram de armas de longo alcance contra grupo de policiais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião