Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MUNDO

'É possível comparar Fukushima a Tchernobil', afirma físico alemão

14 MAR 11 - 11h:13FOLHA ONLINE

O físico e médico alemão Sebastian Pflugbeil afirma que há paralelos entre a situação que levou à catástrofe nuclear da usina nuclear de Tchernobil, em 1986, na Ucrânia, e a ameaça que paira sobre o Japão. Ele lembra ainda que o perigo nunca está longe demais.

Como ativista dos direitos civis, Pflugbeil combateu a minimização das consequências de uma catástrofe nuclear pelo governo comunista da República Democrática Alemã (RDA).

Aos 63 anos, ele é presidente da ONG crítica à energia atômica Sociedade de Proteção Contra Radiação (GS). Pflugbeil é uma das poucas pessoas que puderam inspecionar o sarcófago do reator da usina nuclear de Tchernobil, Ucrânia, após a explosão.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta, diz Bolsonaro

ECONOMIA

Caixa avalia mudança para taxa prefixada no financiamento imobiliário

BRASIL

Lula se cala na Pentiti, 64ª fase da Lava Jato

BRASIL

Maia: País vive 'quase um estado autoritário', inclusive na área do meio ambiente

Mais Lidas