Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

E não é que dirigente de partido que conseguiu expulsar colegas por...

22 ABR 2011Por Ester Figueiredo00h:00

E não é que dirigente de partido que conseguiu expulsar colegas por infidelidade partidária também está sendo acusado de ter feito o mesmo. Ele jura, de pés juntos, que só pediu votos para eleger colegas candidatos a deputados federais. Nenhum deles foi eleito, mas aqueles onde o dito-cujo aparece junto nos “santinhos” – e de outros partidos – estão felizes lá em Brasília, ocupando as cadeiras de parlamentares.

Leia Também