Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Homicídio

Dupla é presa acusada de matar peão que cortou cerca de fazenda

20 AGO 12 - 14h:00DA REDAÇÃO

José Carlos Mendonça dos Santos, de 34 anos, e Rodrigo Quadros de Albres, 35, foram presos pelo Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia de Aquidauana acusados de matar Claudemir Rodrigues de Olveira, 37, na noite do dia 7 de agosto. O crime aconteceu em uma propriedade rural, na região do Pantanal de Nabileque, a 260 km de Corumbá.

Segundo a polícia, Claudemir foi assassinado depois de uma discussão sobre alguns cortes na cerca da fazenda Piu Val, de propriedade de Rodrigo. A vítima teria cortado a cerca para passar com o gado da fazenda vizinha durante a cheia do Pantanal deste ano.

Uma testemunha relatou que estava na fazenda onde trabalha - local do crime - quando chegaram três peões, dentre eles José Carlos e Marcelino Rondon da Silva. 

Passado um tempo, quando os três já estavam de saída, perceberam que a vítima chegou ao local e, então, decidiram retornar para a sede da fazenda, começando uma discussão. Neste momento, José Carlos e Marcelino dispararam várias vezes com revólveres calibres 38 e 22, matando Claudemir. 

José Carlos então telefonou para seu empregador, Rodrigo, pedindo um carro para que ele pudesse fugir com a família, o que aconteceu no dia seguinte. Já Marcelino, permaneceu na região, foi preso e encaminhado à Primeira Delegacia de Corumbá.

De posse dos mandados, uma equipe policial do SIG de Aquidauana efetuou as prisões de José Carlos, em sua residência, no Bairro Nova Aquidauana, e de Rodrigo, no momento em que conduzia a sua caminhonete no Bairro Guanandy, em Aquidauana.

Eles estão em uma das celas provisórias da 1ª DP de Aquidauana, onde aguardam transferência para Corumbá. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

Beto Pereira: "Parceria público-privada: segurança jurídica e qualidade de serviços"

Advogado
OPINIÃO

Luiz Fernando Mirault Pinto: "

Físico e Administrador

Felpuda

AGRICULTURA E JUSTIÇA

Ministérios assinam acordo para combater abusos no crédito agrícola

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião