Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

Campo Grande

Dupla é presa acusada de integrar quadrilha especializada em furtos

28 AGO 2012Por DA REDAÇÃO14h:00

Investigadores do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) prenderam na madrugada de segunda-feira (27), Liosmar Rocha da Silva, de 34 anos, conhecido como Pica-pau, e Armando de Jesus Vera, 30, o Armandinho. Eles foram apresentados hoje (28).

Liosmar era monitorado pela polícia desde junho, quando prenderam Sérgio Rodrigues da Cosa, 34, vulgo Sérgio Tambor. De acordo com as informações, eles fazem parte de uma quadrilha especializada em furtos de veículos para venda no Paraguai e Bolívia.

Sérgio foi preso em uma chácara onde estavam escondidos uma caminhonete Ford F-4000 e um Fiat Uno furtados em Campo Grande.

De acordo com os registros policiais, ele já havia trocado tiros com a polícia no dia 26 de junho, em uma residência no Jardim Seminário, onde foram apreendidos 11 tabletes de maconha e uma Ford F-350 furtada, porém, Liosmar conseguiu fugir.

Durante as investigações, uma equipe do Garras descobriu que ele havia fugido para o Paraguai e iniciou o monitoramento. Neste período foram descobertos 1.200 kg de maconha que foram apreendidos pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), no dia 14 de agosto, na MS-270, próximo ao Copo Sujo, transportada por Liosmar em uma F-400, furtada em Ponta-Porã (MS). Na abordagem ele abandonou o veículo e fugiu. 

O acusado também fugiu da delegacia de Camapuã com mais seis presos. 

Armando foi autuado por tráfico de drogas e teve seu mandado de prisão cumprido, pois fugiu da penitenciária de Dourados. O Garras investiga sua participação nas ações praticadas por Liosmar.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também