Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Duas toneladas de urânio são localizadas na Bolívia em casa perto da Embaixada dos EUA

29 AGO 12 - 12h:15Agência Brasil

As autoridades da Bolívia encontraram ontem (28) à noite duas toneladas de urânio em uma casa, em La Paz, capital do país. A residência onde estava o urânio fica próxima à sede da Embaixada dos Estados Unidos na Bolívia. O urânio é usado na fabricação de armas atômicas, por exemplo.

O ministro de Governo (o equivalente ao da Casa Civil no Brasil), Carlos Romero, disse que especialistas analisam se o material tem componentes radiativos. Segundo ele, os especialistas analisam o material e fazem estudos em laboratório, comparando amostras. O ministro disse que há na esquipe membros do Ministério Público e do Instituto de Tecnologia Nuclear, além de funcionários do Ministério de Minas e Energia.

A expectativa, segundo Romero, é que até o final da tarde de hoje (29) os especialistas divulguem os primeiros resultados do material analisado. O ministro disse também que as investigações buscam informações sobre a origem do urânio e os envolvidos.

Romero ressaltou que, ao mesmo tempo, os policiais da Bolívia investigam as questões de segurança envolvendo o material, pois o urânio é um elemento de ameaça e risco. "Por enquanto, informamos apenas a localização do urânio”, disse ele.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Alisson, Firmino e Marquinhos concorrem à Bola de Ouro
FUTEBOL

Alisson, Firmino e Marquinhos concorrem à Bola de Ouro

Gás é reajustado pela Petrobras e preço pode ultrapassar R$ 100 em MS
BOTIJÃO DE 13 QUILOS

Gás de cozinha terá aumento e preço pode ultrapassar R$ 100 em MS

Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
POLÍTICA

Com problemas de saúde, Zeca deixa presidência do PT

Em um ano, número de queimadas quase dobram em Campo Grande
MEIO AMBIENTE

Em um ano, número de queimadas quase dobram, aponta comitê

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião