Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

LAZER

Drama nacional em cartaz hoje no CineMIS

Drama nacional em cartaz hoje no CineMIS
07/01/2014 00:00 - Da redação


A Fundação de Cultura do governo do Estado, por meio do Museu da Imagem e do Som, exibe hoje (07), pelo Programa CineMIS Especial de Férias, o filme "Fica Comigo Esta Noite". A sessão acontece às 14h.

“O CineMIS Especial de Férias democratiza o acesso às produções audiovisuais nacionais, principalmente neste período do ano, quando grande parte da população tem mais disponibilidade de tempo e precisa de opções diferenciadas de lazer, entretenimento e cultura”, explica Américo Calheiros, presidente da Fundação de Cultura.

Os filmes que serão exibidos no Programa CineMIS Especial de Férias foram doados pela Ancine (Agência Nacional do Cinema) e compõem um panorama abrangente e diversificado da recente produção cinematográfica nacional, possibilitando certa reflexão sobre a identidade brasileira.

7 de janeiro – “Fica comigo esta noite” - Edu (Vladimir Brichta) e Laura (Alinne Moraes) se conheceram ainda jovens. Apaixonados, decidiram se casar e, anos mais tarde, passaram a viver uma crise no casamento. Em meio às turbulências no relacionamento Edu, repentinamente, morre. Decidido a se despedir de Laura de qualquer forma e querendo saber qual era o segredo que ela iria lhe contar pouco antes de morrer, Edu passa a buscar um meio de se comunicar com ela. Só que o único ser que podia ajudá-lo era o fantasma do coração de pedra (Gustavo Falcão), uma assombração experiente que detesta a companhia de outras pessoas.

Classificação indicativa: 10 anos; Drama; Idioma: Português; Duração: 75min; Ano: 2005.

Serviço: As exibições são gratuitas e acontecem de segunda a sexta, sempre às 14 horas. Consulte a classificação indicativa por dia da semana. O Museu da Imagem e do Som fica no Memorial da Cultura, Avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar.
 

Felpuda


Vêm aumentando que só os disparos de segmentos diversos contra cabecinha coroada que, até então, acreditava voar em céu de brigadeiro. O novo coronavírus chegou, ganhou espaço, continua avançando e atualmente tem sido o melhor cabo eleitoral dos adversários. A continuar assim, sem ações mais eficazes, o estrago político poderá ser grande. Observadores mais atentos têm dito que o momento não é de viver o conto da “Bela Adormecida”. Só!