Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

LAVOURAS

Dourados avalia as perdas com as chuvas na soja

15 MAR 2011Por Cícero Faria/Dourados15h:40

A Secretaria de Agricultura, Indústria e Comércio e a Coordenadoria de Defesa Civil de Dourados, iniciaram na sexta-feira um levantamento sobre os estragos do excesso de chuva na safra de soja no município. A avaliação vai apontar se existe necessidade de ser decretada situação de emergência.
Conforme estimativas da assistência técnica, 30% da safra já foi colhida em Dourados. “Segundo os técnicos que estão auxiliando no estudo, outros setores da agricultura não tiveram grande perda, mas se voltar a chover durante dias seguidos o prejuízo poderá ser maior”, afirmou o coordenador da Defesa Civil, João Vicente Chencarek.
Na sexta-feira, representantes da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Banco do Brasil, Sindicato Rural, Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados de empresas de planejamento agropecuário e cooperativas, participaram de uma reunião na Prefeitura para discutir as medidas e apontar aquele percentual inicial de perdas de colheita.
Chencarek informou que essa semana os responsáveis pela avaliação devem apresentar ao prefeito Murilo Zauith o resultado do levantamento, assim como o relatório da Secretaria Municipal de Obras sobre a situação das estradas vicinais por onde a safra é transportada.
Em março foram registrados na estação agroclimatologica da Embrapa Agropecuária Oeste apenas 44,6 milimetros.
 

Leia Também