Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

NATAÇÃO

Douradense pode dirigir equipe mundial

9 DEZ 2010Por Fábio Dorta 16h:40

O técnico douradense Ben-Hur Laprano poderá comandar a seleção brasileira nas Olimpíadas Escolares da América do Sul e Mundial, que vão acontecer no ano que vem no Peru e na Turquia. Ele já comandou a equipe sul-mato-grossense que conquistou nove medalhas nas Olimpíadas Escolares do Brasil, competição disputada entre os dias1º e sete de dezembro em Goiânia.

A equipe de Mato Grosso do Sul ficou a frente de estados tradicionalmente mais fortes como Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Foram três medalhas de ouro, uma de prata e cinco de bronze. “Foi um resultado realmente muito importante, nossos atletas estão de parabéns”, afirmou o técnico.

Laprano disse que no Congresso Técnico da competição ficou definido que o técnico do atleta que terminasse a competição com o melhor índice na categoria masculino iria comandar a equipe brasileira em caso de participação na competição mundial na Europa. “Estamos na expectativa desta confirmação”, afirmou.

Os melhores índices técnicos foram conquistados pelos nadadores douradenses Joarez Vedovatto Neto, que ganhou duas medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze e Bernardo Araújo Nunes que faturou uma medalha de ouro, uma de prata e uma de bronze. Eles também estabeleceram dois novos recordes brasileiros nas provas de 50 e 100 metros nas disputas de nado de peito e nado livre.

Também conquistaram medalhas o nadador de Maracaju Eduardo Oliveira que ficou com três bronzes e os campograndenses Thiago Nicodemos uma prata e Pedro Buzo com um bronze. Além disso, Joarez e Bernardo estão pré-convocados para a competição escolar sul-americana para atletas entre 15 e 17 anos de idade.

 

 

Leia Também