CRIME AMBIENTAL

Donos de chácaras são multados <br> em R$ 15 mil <br>

Donos de chácaras são multados <br> em R$ 15 mil <br>
20/07/2012 16:14 - TARYNE ZOTTINO


A Polícia Militar Ambiental (PMA) multou dois chacareiros em R$ 15 mil pela destruição de dois hectares de uma área de nascentes e matas ciliares do córrego Ivaral, durante fiscalização em propriedades rurais em Aral Moreira (MS). A PMA verificou ainda a destruição de uma área de várzea. A degradação ambiental foi descoberta na Chácara Boa Esperança, localizada próxima à rodovia MS-165. Os policiais perceberam desprezo com a conservação do solo nas áreas afetadas. O proprietário foi autuado administrativamente e multado em R$ 10 mil.

Na chácara Nossa Senhora Salete, localizada no Distrito de Vila Marques, os policiais flagraram degradação de área de preservação permanente para a construção de tanques de piscicultura. Houve a destruição de 0,2 hectares de uma várzea. O proprietário foi multado em R$ 5 mil.

Ambos os autuados responderão por crime ambiental e, se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção. A PMA determinou a interdição das áreas, para proteção e recuperação. Os proprietários também foram notificados a apresentarem projeto de recuperação de área degradada (PRAD) junto aos órgãos ambientais no prazo máximo de 30 dias. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".