Sexta, 15 de Dezembro de 2017

DEGRADAÇÃO DE ÁREA

Dono de rancho é autuado em R$ 5 mil por crime ambiental

11 FEV 2014Por DA REDAÇÃO08h:30

Policiais Militares Ambientais de Batayporã (MS) realizavam fiscalização, ontem (10), no Rio Ivinhema, quando localizaram uma construção ilegal, à margem do rio, nas proximidades da ponte da rodovia MS-276. O proprietário de um rancho de lazer realizava uma construção em alvenaria, dentro da área que deveria ser conservada de vegetação de mata ciliar (área de preservação permanente – APP).

Como não possuía licenciamento ambiental, os policiais interditaram as atividades. Pela infração administrativa, o jovem, de 28 anos, residente em Nova Andradina (MS), recebeu multa de R$ 5 mil. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O proprietário anterior do referido rancho já respondia a processo criminal na justiça de Ivinhema pelo mesmo motivo, em autuação realizada pela PMA. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada – PRAD.

Leia Também