Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

campanha da fraternidade 2014

Dom Dimas diz que ação será diferenciada no Estado

5 MAR 14 - 11h:45TARYNE ZOTTINO e daniella arruda

Foi lançada nesta quarta-feira (5) a Campanha da Fraternidade 2014, com o tema "Fraternidade e Tráfico Humano" e o lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou (Gl 5,1)”. O arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, falou sobre a campanha às 9h, na Cúria Metropolitana. Segundo ele, o trabalho em MS será diferenciado, considerando que estamos em uma região de fronteira. De acordo com dados do Ministério da Justiça, no ano passado, Mato Grosso do Sul obteve o segundo maior índice de tráfico de pessoas no Brasil.

"Queremos detectar situações de pessoas em trabalho escravo ou semelhante à escravidão, denunciar esses casos e também acolher as pessoas aviltadas em seus direitos", explicou.

Entre os objetivos, está reivindicar dos poderes públicos, políticas e meios para reinserção das pessoas atingidas pelo tráfico humano na vida familiar e social. Serão realizados eventos na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul e na Câmara Municipal.

No próximo domingo (9), em Campo Grande, acontecerá a cerimônia oficial de lançamento da Campanha da Fraternidade, às 15h, no Ginásio Poliesportivo Dom Bosco. São esperadas 5 mil pessoas.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Caixa financiará agricultura em Mato Grosso do Sul
AGRO

Caixa financiará agricultura em Mato Grosso do Sul

Investimentos em saneamento básico chegarão a R$400 milhões no Estado
CONTRATO MILIONÁRIO

Investimentos em saneamento básico chegarão a R$400 milhões no Estado

DIFAMAÇÃO E INJÚRIA

Desembargador suspende ação
contra Haddad movida por Edir Macedo

Corumbá completa 241 anos <br> com show de Michel Teló
CIDADE BRANCA

Corumbá completa 241 anos
com show de Michel Teló

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião