domingo, 15 de julho de 2018

ALTA

Dólar fecha em alta de 0,88% a R$ 1,72 no mercado de câmbio

27 OUT 2010Por ESTADÃO17h:55

O dólar comercial fechou a quarta-feira em alta de 0,88% a R$ 1,72 no mercado interbancário de câmbio. No mês, a moeda acumula ganho de 1,65% e no ano, queda de 1,32%. Na BM&F, a divisa terminou com ganho de 1,01% a R$ 1,7212. O euro comercial subiu 0,25% a R$ 2,365.

Hoje o dólar acompanhou a persistente valorização da divisa norte-americana após um período de perdas acumuladas no mercado global de moedas. O indutor da maior demanda pelo dólar foi uma reportagem do Wall Street Journal, que reduziu as expectativas do mercado com relação a um grande programa de afrouxamento quantitativo do Federal Reserve (Fed, banco central americano) para estimular a economia dos EUA. Segundo o WSJ, o Fed provavelmente vai comprar apenas algumas centenas de bilhões de dólares em Treasuries (títulos do Tesouro americano), menos do que o valor de mais de US$ 1 trilhão esperado por parte do mercado.

O anúncio da decisão do Fed poderá ser feito após a reunião de política monetária na próxima quarta-feira (3/11), um dia após as eleições norte-americanas para um terço do Senado e a totalidade da bancada da Câmara. O ambiente eleitoral nos EUA ajuda a aumentar as dúvidas sobre o tamanho do programa do Fed, disse o economista de uma corretora, uma vez que se os Democratas não garantirem a maioria no Congresso o governo de Barack Obama poderia ter dificuldades para a aprovação de projetos de seu interesse, como as reformas na área da saúde e do sistema financeiro.

O mesmo operador afirmou que, no caso da eleição presidencial brasileira neste domingo, a expectativa é de que se a candidata do PT, Dilma Rousseff, for a vencedora, o governo deverá se sentir melhor para lançar novas medidas a fim de tentar conter a apreciação excessiva do real ante o dólar. Contudo, se o candidato do PSDB, José Serra for o vitorioso, a percepção é de que a equipe econômica do atual governo poderia se sentir desconfortável para anunciar mais mudanças cambiais no curto prazo.

Nos dois leilões de compra de moeda, o Banco Central fixou as taxas de corte em R$ 1,7045 e em R$ 1,7214.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar cedeu 0,72% hoje para R$ 1,797 (venda) e R$ 1,677 (compra). O euro turismo caiu 0,52% para R$ 2,48 (venda) e R$ 2,31 (compra), em média.

Leia Também