domingo, 15 de julho de 2018

JULHO A DEZEMBRO

Dólar em baixa e importados em alta

24 DEZ 2010Por 00h:43

Julho
u   A Nissan parou de importar os modelos Murano, Pathfinder e XTrail devido às baixas vendas.

u   O Doblò recebeu o novo motor da família E.torQ. A multivan compacta passou a ser comercializada com o propulsor 1.8 16V de 130/132 cv.

u   A versão sedã do Tiida desembarcou no Brasil por R$ 44.500 e apenas com motor 1.8 16V de 125/126 cv. O modelo da Nissan é feito no México.

u   A Hyundai iniciou a importação do i30 CW em duas versões. A station derivada do hatch médio tem motorização 2.0 16V de 145 cv.

u   O Tucson feito em Anápolis, Goiás, começou a ser vendido pela Hyundai. O SUV médio  manteve motor 2.0 litros de 142 cv.

u   A Fiat fez uma reestilização na linha Idea. A minivan ganhou faróis mais angulosos e ovalados e uma traseira com lanternas com contornos arredondados em leds. O monovolume também recebeu os motores E.torQ.

u   As linhas Palio e Siena passaram a contar com o motor 1.6 16V E.torQ para as suas versões top. Já Palio Weekend e Strada adotaram o 1.8 16V em suas configurações Adventure, as mais completas de ambas.

Agosto
u   A Renault encerrou a produção da minivan média Scénic na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná.

u   A Hyundai começou a vender o ix35, SUV que lá fora é o sucessor do Tucson. O modelo chegou com dois motores a gasolina da linha Thetha-II: 2.0 de 168 cv e 2.4 de 179 cv.

u   A linha 2011 da Mitsubishi Pajero Dakar ganhou sistema multimídia com tela sensível ao toque e GPS, Bluetooth e som, regulagem de altura do banco do motorista, sensores de luminosidade e de chuva e freios traseiros a disco.

u   A Ford lançou a sexta geração do Fiesta na versão sedã. Importado do México, o modelo usa motor 1.6 16V Sigma de 110/115 cv, mas não matou o Fiesta baiano, que passou a se chamar Fiesta Rocam.

u   A chinesa Chery entrou no segmento de hatches compactos altinhos com o Face. O modelo usa motor 1.3 16V de 84 cv.

u   Quinze unidades da série White do cupê TT desembarcaram no Brasil. A edição do cupê da Audi usa a unidade 2.0 FSI de quatro cilindros e injeção direta de combustível, capaz de gerar 200 cv.

u   A Mercedes-Benz decidiu parar de fazer veículos de passeio na fábrica de Juiz de Fora, Minas Gerais, onde era feito, até então, o cupê CLC.

u   O C4 estreou uma nova versão de acabamento. A Exclusive Sport do hatch médio da Citroën tem motor 2.0 16 V de 143/151 cv, faróis de xênon direcionáveis, controle de estabilidade e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

u    L200 Triton 2011 chegou com mudanças no para-choque dianteiro e novas rodas aro 16. A picape da Mitsubishi também passou a contar com GPS integrado ao painel, com tela de 7 polegadas sensível ao toque e sistema multimídia.

u   A Citroën lançou o Aircross. Feito sobre a plataforma da minivan C3 Picasso europeia, o modelo tem visual jipeiro, pneus de uso misto, suspensão reforçada e motor 1.6 16V.

u   A Aston Martin estreou oficialmente no Brasil. A marca britânica de superesportivos de luxo vai comercializar toda a linha por aqui, entre eles, o seu modelo mais caro: o DBS Volante por R$ 1,35 milhão e com motor 6.0 V12 de 517 cv.

u   A Land Rover trouxe para o mercado brasileiro a edição Sport do Freelander. Tem novas rodas com aro de 19 polegadas, spoiler traseiro e para-choques esportivos. No interior, acabamento de couro em duas cores.

Setembro
u   A Audi apresentou o RS6 Avant, versão mais nervosa da station wagon médio-grande. O modelo conta com propulsor biturbo 5.0 TFSI V10 com 580 cv de potência e brutais 66,3 kgfm de torque entre 1.500 e 6.250 giros.

u   A S10 ganhou uma versão Rodeio. A nova configuração intermediária da picape da Chevrolet é comercializada nas versões 2.4 Flex 4X2, 2.8 Turbodiesel 4X2 e 2.8 4X4.

u   Por R$ 102.990, a Volkswagen lançou uma variante “mais em conta” da Amarok, chamada Trendline.

u   A Effa Motors começou a importar a cabine dupla da Hafei Picape com capacidade de carga de até 400 kg e motor 1.0 litro da Suzuki, com 47 cv de potência.

u   O Fiat Linea aposentou o motor 1.9 e adotou o novo 1.8 16V da linha E.torQ, com 130/132 cv de potência.

u   A Frontier estreou a configuração intermediária SE. A nova versão da picape da Nissan tem derivações 4X2 e 4X4 e usa o mesmo motor 2.5 16V turbodiesel de 172 cv, só que sempre com câmbio manual de seis marchas.

u   Depois de lançar a versão para passageiros da Partner, a Peugeot passou a comercializar a configuração furgão da multivan média com unidade de força 1.6 16V flex de 110/113 cv.

u   A Volkswagen lançou mais uma versão para o Gol. Chamada de Rallye, tem apelo esportivo com faixa preta nas laterais e faróis com máscara negra. O motor é o 1.6 de 101/104 cv.

u   A Lifan iniciou oficialmente suas atividades no mercado nacional com a venda do 320, montado no Uruguai em sistema CKD, e do sedã médio 620 com motor 1.6 de 105 cv.

u   O Honda City ganhou nova versão de entrada. Chamada DX, a configuração começa em R$ 55.420 no modelo mecânico e usa o mesmo motor 1.5 16V de 115/116 cv do restante da linha do sedã compacto.

u   A linha 2011 da Nissan Livina e Grand Livina  recebeu alguns itens de série, como para-brisa degradê, travamento automático das portas com o carro em movimento e novos detalhes no acabamento interno.

u   A Audi mostrou a nova geração do A8 com uma infinidade de dispositivos eletrônicos de segurança e de conforto, propulsor V8 4.2 FSI de 375 cv e preço de R$ 500 mil.

u   A General Motors lançou a nova Montana. Baseada no Agile, a picape compacta adotou o motor 1.4 de 97/102 cv.

u   O Classe C ganhou novos motores. O sedã médio da Mercedes-Benz adotou a linha CGI Blue Efficiency, com propulsores com injeção direta. O 1.8 oferece 156 cv e 25,4 kgfm na versão C180 CGI, e 184 cv e 27,5 kgfm na C200 CGI.

u   O Siena estreou duas novas configurações. A versão de entrada do sedã da Fiat, depois da Fire, passou a ser a EL com motor 1.4 de 85/86 cv, enquanto a Sporting passou a ser a nova topo de linha com unidade 1.6 16V.

Outubro
u   O Land Rover Range Rover Sport começou a ser vendido no Brasil com uma nova opção de motor diesel 4.4 V8 de 313 cv.

u   A linha C4 Picasso chegou reestilizada com nova grade frontal e filete horizontal de leds acima dos faróis de neblina.

u   A Renault lançou a série Connection para o Symbol, com sistema de som Sony, com rádio/CD/MP3, entrada USB, interface com iPod, conexão Bluetooth e comando satélite na coluna de direção.

u   A linha 2011 do Peugeot 307 ganhou sistema de som com entrada USB e conexão Bluetooth.

u   A Nissan lançou uma série especial do Livina chamada Night & Day. De fábrica, recebe direção elétrica, ar, airbag duplo e trio.

u   A picape média Frontier, da Nissan, recebeu uma versão limitada Strike com opções de tração traseira ou tração integral.

u   A Mini iniciou as vendas do Countryman, seu primeiro SUV, ao preço de R$ 110 mil.

Novembro

u   A Toyota lançou a linha 2011 do RAV4 com uma versão de entrada, com tração dianteira e revestimento interno um pouco mais simples.

u   O 3008 desembarcou no Brasil em duas versões. O crossover da Peugeot é vendido nas configurações Allure e Griffe, entre R$ 79.900 e R$ 86.900, com motor 1.6 turbo de 156 cv.

u   A Renault bolou a série GT Line para o Sandero e adotou uma estética esportiva, com faróis e lanternas com máscara negra, moldura preta nos faróis de neblina, adesivos zebrados, aerofólio em preto brilhante e rodas pretas aro 15.

u   O Palio Weekend ganhou uma derivação com motor 1.6 16V de 115/117 cv, que substituiu o 1.4 na linha da station compacta da Fiat.

u   Com produção prevista para seis meses, a Volkswagen colocou no mercado a série Limited Edition, do Golf, com para-choque dianteiro na cor preta, faróis com máscara negra, detalhes cromados e teto solar.

u   O Bravo estreou no Brasil. O hatch médio da Fiat usa o motor 1.8 16V E.torQ de 130/132 cv, mas vai contar também com uma configuração T-Jet com o propulsor 1.4 16V turbo de 152 cv.

u   A General Motors apresentou o Camaro, seu vistoso “muscle car”, com motor V8 6.2 que oferece 406 cv de potência a 5.900 rpm e um torque máximo de 56,7 kgfm a 4.600 giros.

u   O Fusion Hybrid chegou ao país com motor Duratec 2.5 16V com 158 cv combinado com uma unidade elétrica de 107 cv.

Dezembro
u   A Ford lançou a linha 2011 do Edge. O crossover feito no Canadá teve a frente bastante modificada e passou a contar com duas variantes: a agora de entrada SEL e a top Limited. Ambas com motor 3.5 V6 com 289 cv.

u   O Uno ganhou uma versão Sporting. A nova configuração do compacto da Fiat tem motor 1.4 de 85/88 cv, spoiler escurecido, saída dupla de escapamento, molduras das caixas de roda pretas, suspensão 2 cm mais baixa e rodas aro 15.

u   O Omega voltou a ser importado pela General Motors. O sedã grande agora vem na versão Fittipaldi com o motor V6 3.6 recalibrado, agora capaz de gerar 292 cv.

u   A Renault reposicionou o Mégane Grand Tour. A perua média passou a ser vendida em uma única versão Dynamique por R$ 48.490 e com motor 1.6 16V Hi-Flex.

 

Leia Também