Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

MARIA DA PENHA

Dolabella pode ser condenado à prisão por não respeitar lei

28 JUN 2012Por msn01h:00

O ator Dado Dolabella pode ser condenado de seis meses a um ano de prisão por desobedecer a Lei Maria da Penha no caso judicial de Luana Piovani.

Segundo o jornal “Extra”, o ex-namorado da atriz esteve no IV Juizado Especial do Rio, no dia 19 de junho, para dar esclarecimentos sobre ter desrespeitado o limite de ficar a 250 metros de distância Luana por três vezes: em um camarote em 2009, durante uma festa no mesmo ano, e em uma pizzaria do Rio de Janeiro, em março do ano passado.

Na audiência, Dado apresentou testemunhas e provas e garantiu que não teve a intenção de constranger Luana.

'Nas três ocasiões em que se encontraram, ele se retirou. No camarote, Dado posou com a fita métrica para provar que estava com a lei, não por deboche como ficou parecendo', explicou o advogado do ator, Michel Assef Filho.

No entanto, o representante de Luana na justiça, Marcelo Quintanilha Salomão, disse que este tipo de atitude pode prejudicá-lo ainda mais.

'Ele responde a outros processos em varas de proteção à mulher, o que pode complicar sua situação.'

Dolabella foi condenado, em 2010, a dois anos e nove meses de prisão por agredir Luana Piovani e Esmê, camareira da atriz, em uma boate na Gávea, Rio de Janeiro.

Dado também está sendo acusado de agredir a ex-mulher Viviane Sarahyba durante o período em que foi casado com ela. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também