Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

cassação

Dois vereadores não votarão hoje em Dourados

18 MAR 11 - 00h:00antônio viegas, de dourados

Dois vereadores de Dourados estão impedidos de votarem na sessão de cassação do vereador afastado, Paulo Henrique Bambu (DEM) hoje. A determinação é do juiz João Mathias Filho em em substituição na 6ª Vara Cível de Dourados e vale para os vereadores Gino José Ferreira (DEM) e Dirceu Aparecido Longhi (PT). A votação está prevista para logo mais às 9h.

A decisão foi tomada depois que a Justiça entendeu que os três são réus no mesmo processo penal que motiva o julgamento de cassação de Paulo Henrique. O entendimento da Justiça, mesmo que em forma de tutela antecipada, pode abrir precedente e comprometer as cassações já efetivadas e as que ainda estão por vir.

A participação de Gino Ferreira e Dirceu Longhi no processo de cassação de nove vereadores presos na Operação Uragano, por quebra de decoro parlamentar, vem sendo questionada deste o início da formação das comissões processantes.

Os dois, como já citado pelo Correio do Estado por várias vezes, só não foram presos a exemplo dos demais, mas são réus com acusações semelhantes na mesma ação penal e estariam votando, condenando ou absolvendo, acusados de integrarem a mesma organização criminosa desarticulada pela Polícia Federal.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Detran pede rescisão de contrato com empresa responsável por radares
DÍVIDA MILIONÁRIA

Detran vai rescindir contrato com empresa de radares

FUTEBOL 2019

Cristiano Ronaldo critica valores de transferências no futebol: 'São surreais'

Prefeitura abre processo seletivo com oito vagas e salário de R$ 3,2 mil
CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

Prefeitura abre processo seletivo com salário de R$ 3,2 mil

BRASIL

Bolsonaro levanta suspeita sobre ONGs por queimadas na Amazônia

Mais Lidas