Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

cassação

Dois vereadores não votarão hoje em Dourados

18 MAR 2011Por antônio viegas, de dourados00h:00

Dois vereadores de Dourados estão impedidos de votarem na sessão de cassação do vereador afastado, Paulo Henrique Bambu (DEM) hoje. A determinação é do juiz João Mathias Filho em em substituição na 6ª Vara Cível de Dourados e vale para os vereadores Gino José Ferreira (DEM) e Dirceu Aparecido Longhi (PT). A votação está prevista para logo mais às 9h.

A decisão foi tomada depois que a Justiça entendeu que os três são réus no mesmo processo penal que motiva o julgamento de cassação de Paulo Henrique. O entendimento da Justiça, mesmo que em forma de tutela antecipada, pode abrir precedente e comprometer as cassações já efetivadas e as que ainda estão por vir.

A participação de Gino Ferreira e Dirceu Longhi no processo de cassação de nove vereadores presos na Operação Uragano, por quebra de decoro parlamentar, vem sendo questionada deste o início da formação das comissões processantes.

Os dois, como já citado pelo Correio do Estado por várias vezes, só não foram presos a exemplo dos demais, mas são réus com acusações semelhantes na mesma ação penal e estariam votando, condenando ou absolvendo, acusados de integrarem a mesma organização criminosa desarticulada pela Polícia Federal.

Leia Também