Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COMEMORAÇÃO

Dois municípios do Estado fazem aniversário nesta quarta-feira

Dois municípios do Estado fazem aniversário nesta quarta-feira
19/03/2014 00:00 - Da Redação


Dois municípios de Mato Grosso do Sul fazem aniversário hoje (19). A cidade de Guia Lopes da Laguna, localizada a 189 km de Campo Grande (MS), comemora 75 anos. Já a cidade de Ribas do Rio Pardo, localizada a 92 km da Capital, festeja seu 70° aniversário.

A prefeitura de Guia Lopes da Laguna, em comemoração, realiza atividades culturais nesta manhã. Ainda dentro da programação haverá a Festa de São José (padroeiro da cidade), no próximo final de semana. A entrada para o shows e o almoço será cobrada.

História de Guia Lopes da Laguna 

O povoado surgiu em 1937, por ocasião da construção da rodovia que liga Aquidauana, Porto Murtinho e Bela Vista.  Seus primeiros moradores foram: José Francisco Lopes (filho do Guia Lopes), Jaime Artigas, Basílio Barbosa, Aurélio  Rodrigues de Souza, Ozias de Souza Santos e Osvaldo Fernandes Monteiro.

No dia 19 de março de 1938, foi criado o novo povoado e a denominação de patrimônio Guia Lopes, em homenagem a José Francisco Lopes. Foi elevada a distrito pela Lei nº 140, de 30 de setembro de 1948 e o município criado pela Lei nº 678, de 11 de dezembro de 1953. Comemora-se dia 19 de março o aniversário da cidade.

História de Ribas do Rio Pardo

Por volta de 1900 foi formado o povoado. Os primeiros moradores foram os irmãos João e José dos Santos, mineiros de Uberaba; que fixaram residência e comércio próximo a confluência dos Rios Bota e Pardo.

O mais importante para o progresso do povoado, foi a chegada dos trilhos da atual estrada de ferro noroeste do Brasil, no dia 23 de julho de 1914, ligando Ribas do Rio Pardo aos grandes centros urbanos.

Foi elevada a distrito pela Resolução 856, de 07 de novembro de 1921 e o município criado pelo Decreto 545, de 31 de dezembro de 1943. Comemora-se no dia 19 de março sua emancipação política.

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.