Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Doações não podem passar de R$ 50 mil

26 JUL 10 - 07h:50
BRASÍLIA

Pessoas físicas que pretendem fazer doações para candidatos, partidos ou coligações ficam limitadas a dar apenas 10% dos rendimentos brutos auferidos no ano anterior à eleição. A exceção fica para as doações estimáveis em dinheiro relativas ao uso de bens móveis ou imóveis de propriedade do doador desde que o valor da doação não ultrapasse R$ 50 mil, apurados conforme o valor de mercado. No caso das empresas, a quantia não pode exceder os 2% em relação ao faturamento bruto também do ano anterior.
Os candidatos que não respeitarem os limites poderão responder por abuso de poder econômico. A pessoa física que doar mais que o permitido, por sua vez, pagará multa que pode variar de cinco a dez vezes o valor excedido. A jurídica fica proibida de participar das licitações públicas e de firmar contratos com o poder público por cinco anos.
As exigências não são apenas essas. É preciso ainda que o recibo bancário seja emitido. Quantias doadas por meio eletrônico, como cartão de crédito, deverão ser realizadas com a ajuda de um mecanismo próprio, disponibilizado no site do candidato, partido ou coligação. A conta bancária que receberá os valores deverá ser exclusiva para tal fim.
Além dos cheques cruzados e nominais e das transferências bancárias, a pessoa jurídica ou física poderá doar bens e serviços estimáveis em dinheiro. No caso, o candidato, partido ou coligação recebe o bem, mas é impedido de pagar por ele. Mesmo não constituindo doação financeira, os bens e serviços só poderão ser dados mediante a emissão de recibo eleitoral e o registro na prestação de contas.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após três meses, materiais recicláveis novamente pegam fogo em empresa
GRANDES PROPORÇÕES

Após três meses, materiais recicláveis novamente pegam fogo em empresa

Cármen Lúcia manda TRF-4 soltar presos por condenação em 2ª instância
MINISTRA DO STF

Cármen Lúcia manda TRF-4 soltar presos por condenação em 2ª instância

Comércio ficará aberto até mais tarde durante o fim de ano
HORÁRIO ESPECIAL

Comércio ficará aberto até mais tarde no fim de ano

Avó permitia que homem estuprasse neta de 13 anos em troca de dinheiro e carne
ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Avó permitia que homem estuprasse neta de 13 anos
em troca de dinheiro e carne

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião