ALTA DO DÓLAR

Dívida Pública Federal sobe <BR> R$ 42 bilhões

Dívida Pública Federal sobe <BR> R$ 42 bilhões
25/06/2012 15:45 - agência brasil


A emissão de títulos e a alta do dólar fizeram a Dívida Pública Federal (DPF) subir 2,21% em maio. Segundo números divulgados há pouco pelo Tesouro Nacional, o estoque da DPF encerrou o mês passado em R$ 1,922 trilhão, contra R$ 1,880 trilhão registrados no fim de abril.

A dívida pública mobiliária (em títulos) interna subiu 2,14%, passando de R$ 1,795 trilhão para R$ 1,833 trilhão. Isso ocorreu porque o Tesouro emitiu R$ 19,97 bilhões em títulos a mais do que resgatou. A alta também foi impulsionada pela incorporação de R$ 18,44 bilhões em taxas de juros.

O reconhecimento de juros ocorre porque a correção que o Tesouro se compromete a pagar aos investidores (que emprestam dinheiro para que o governo possa rolar a dívida) é incorporada gradualmente ao valor devido. No caso de um investidor que comprou um título por R$ 100 com correção de 12% ao ano, ele receberá R$ 964 ao final de 20 anos. Essa diferença é incorporada mês a mês ao total da dívida pública.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".