Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Bairro Universitário

Discussão por time de futebol termina em morte num bar

20 AGO 12 - 07h:40VÂNYA SANTOS

Um homem de 43 anos foi executado durante uma discussão por causa de time de futebol. O homicídio aconteceu por volta das 23h de ontem (19), numa conveniência, que fica na Rua Pontalina, Bairro Universitário, em Campo Grande.

Segundo informações da equipe do 10º Batalhão da Polícia Militar, o dono do bar sempre coloca a disposição de seus clientes uma televisão para que eles possam assistir aos jogos de futebol. Ontem, a vítima assistia ao jogo de seu time, que perdeu.

Diante da situação, o autor do crime e seus amigos passaram a provocar a vítima. Teve discussão e durante o desentendimento, o assassino sacou uma arma de fogo. A vítima ainda tentou se proteger correndo em direção ao banheiro, mas foi atingida por dois tiros nas costas, um no ombro esquerdo e dois no braço esquerdo.

Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas o torcedor morreu no local. Já o autor, fugiu numa motocicleta de cor escura. Testemunhas informaram à polícia a possível identificação do assassino, que residiria no Bairro Jardim Itamaracá.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã
TRANSPORTE COLETIVO

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã

Seguro-desemprego em atraso deve ser liberado até amanhã
BENEFÍCIO

Seguro-desemprego em atraso deve ser liberado até amanhã

Em depoimento, empresário garante que só a mulher se drogou e bebeu cerveja em motel
SURTO DO MOTEL

Empresário garante que só a mulher se drogou e bebeu cerveja em motel

Apreensões de contrabando somaram R$ 368 milhões no ano passado em MS
RECEITA FEDERAL

Apreensões de contrabando somaram R$ 368 milhões no ano passado em MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião