Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CASO BERNAL

Diretoria da OAB/MS pede que
CNJ apure guerra de liminares

30 DEZ 13 - 16h:30TARYNE ZOTTINO

Depois da nota oficial assinada pela presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS), afirmando que a instituição não ia discutir a “guerra de liminares” no julgamento do pedido de cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), a diretoria da Ordem se manifestou de outra forma e pediu que o assunto seja apurado pela Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O pedido de providência, que foi protocolado eletronicamente nesta segunda-feira (30) e cobra que seja instaurado processo administrativo para a apuração dos fatos, é assinado por André Luis Xavier Machado, vice-presidente da OAB/MS; Denner de Barros Mascarenhas Barbosa, secretário-geral; Jully Heyder da Cunha Souza, secretário-geral adjunto; e Jayme da Silva Neves Neto, diretor tesoureiro da OAB/MS.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

"Não tem lado A ou lado B", diz Bolsonaro sobre situação do PSL

Hugo Bonemer vive personagem mais despojado em "A Vida Secreta dos Casais", da HBO
COLUNA INSIDE

Hugo Bonemer vive personagem mais despojado em "A Vida Secreta dos Casais", da HBO

BRASIL

Buscas em endereços de Bivar foram pedidas há 48 dias pela PF e MPE

BRASIL

Centrão quer lei contra deputado infiel

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião