Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NA CADEIA

Dirceu completa 68 anos e receberá mensagens

Dirceu completa 68 anos e receberá mensagens
16/03/2014 08:45 - TERRA


Condenado no julgamento do mensalão, o ex-chefe da Casa Civil José Dirceu completa neste domingo, atrás das grades, os seus 68 anos de vida. O petista cumpre a pena de sete anos e 11 meses pela condenação por corrupção ativa no Complexo Penitenciário da Papuda. A punição de dois anos e 11 meses, imposta no julgamento em 2012 por formação de quadrilha, foi derrubada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). "Um dos líderes da geração de 68, que marcou a história do Brasil no movimento de resistência à ditadura e luta pela democracia, completará os seus 68 anos longe dos amigos e da família", escreveu a assessoria do ex-ministro em seu blog.

​No texto, a assessoria solicita aos internautas que enviem homenagens a Dirceu. Posteriormente, elas serão compiladas e encaminhadas ao petista por meio de seu advogado. "Sabemos que ele ficará muito feliz, como se estivesse abraçando a cada um. Ele sempre gostou de comemorar seu aniversário. Não é porque está injustamente preso que este ano vai ser diferente. Nós, seus amigos, estamos aqui para garantir uma grande comemoração. Afinal, os bons amigos, especialmente os guerreiros como o Zé, merecem sempre o nosso brinde", postou. 

O texto diz ainda que o petista foi "preso injustamente e condenado em um julgamento de exceção". "Duplamente condenado, pois embora tenha direito legal ao regime semiaberto, desde 15 de novembro de 2013, portanto há 120 dias em 15 de março, continua a ser mantido em regime fechado, numa perpetuação das arbitrariedades contra ele cometidas."

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!