quarta, 18 de julho de 2018

NOVA PRESIDENTE

Diplomada, Dilma exalta Lula e fala em governar para o povo

18 DEZ 2010Por Brasília04h:15

 

A presidente eleita, Dilma Rousseff, e o vice-presidente eleito, Michel Temer, foram diplomados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no final da tarde de ontem, em Brasília. Em cerimônia que durou cerca de 20 minutos, Dilma exaltou os avanços conquistados pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e voltou a prometer que irá "governar para o povo", ao discursar para uma plateia de autoridades, ministros e aliados.

Dilma citou o presidente, que a transformou em candidata à sua sucessão e conseguiu elegê-la — proeza que era considerada impossível no início do ano. Mais adiante, ao elogiar o caráter democrático do processo eleitoral brasileiro, Dilma mencionou a "ousadia" do povo brasileiro ao levar "um trabalhador à Presidência". Ela ressaltou saber do orgulho que os brasileiros têm de ver um homem do povo conduzir o País. Em seguida, colocou-se como exemplo: "Foi esse sentimento que fez o povo eleger uma mulher presidenta".

Dilma afirmou que a eleição da primeira mulher presidente da República "representa a crescente maturidade da nossa democracia". E arrematou: "Rompe com preconceitos, desafia limites e enche de esperança um povo sofrido".

Ela afirmou que vai governar para todos, mencionando expressamente as mulheres brasileiras. Ela ainda destacou como prioridades de sua gestão: a estabilidade econômica, a educação, a segurança das comunidades e a saúde de todos os brasileiros. Ela afirmou que vai se empenhar em "honrar as mulheres, cuidar dos mais frágeis e governar para todos".

Ao receber o diploma do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, Dilma comprometeu-se em zelar pela estabilidade econômica, da qual decorre a geração de empregos. "Sei que há muitas expectativas em relação ao nosso governo que se inicia", enfatizou. Dilma também ressaltou o zelo pela liberdade de manifestação da imprensa e de culto.

Ela ponderou, entretanto, que qualquer estratégia política e econômica só será efetiva caso se reflita "diretamente na vida de cada trabalhador, de cada empresário, de cada família".

Ao final, a presidente eleita reconheceu as expectativas sobre seu governo e ponderou que elas crescem diante da responsabilidade de "suceder um governante da estatura do presidente Lula". Ela concluiu exortando cada brasileiro a trabalhar pelo País junto com ela, a fim de encontrar novos e melhores caminhos para o Brasil. "Conto com todos e todas e todos podem contar comigo", concluiu.


 

Leia Também