Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

CONDOLÊNCIAS

Dilma Rousseff lamenta a morte do jornalista Reali Júnior

10 ABR 2011Por AGÊNCIA BRASIL09h:41

A presidente Dilma Rousseff lamentou, por meio de nota oficial, a morte do jornalista Elpídio Reali Júnior, ocorrida ontem (9) em São Paulo. Reali Jr. morreu de enfarte aos 71 anos. Durante 38 anos ele foi correspondente da Rádio Jovem Pan em Paris.

“A imprensa brasileira perdeu um de seus nomes mais emblemáticos com a morte de Elpído Reali Jr. Seus anos como correspondente de veículos de comunicação brasileiros em Paris foram marcados por grandes reportagens. Mais do que um repórter talentoso, o país perde um ilustre brasileiro. A seus parentes, amigos e admiradores envio meu sentimento de pesar e meu abraço fraternal”, diz a nota.

Leia Também