Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 17h06min

COPA DE 2014

Dilma quer abertura em São Paulo, diz ministro

26 FEV 11 - 00h:00ESTADÃO

A presidente Dilma Rousseff reuniu-se com o governador de São Paulo e o prefeito da capital, nesta sexta-feira, e manifestou desejo de que a abertura da Copa do Mundo de 2014 seja disputada no estádio a ser construído pelo Corinthians.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, disse que o encontro teve como objetivo discutir medidas práticas para garantir o estádio em São Paulo com capacidade para 65 mil pessoas.

"A presidente Dilma convidou o governador e o prefeito de São Paulo para esta reunião porque a percepção que ela tem é que São Paulo é a cidade que deve fazer a abertura da Copa do Mundo de 2014 pela infraestrutura, pela rede hoteleira e pela qualidade dos serviços", disse Orlando Silva a jornalistas.

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) confirmou que a abertura do Mundial no Brasil acontecerá na capital paulista e que as obras devem começar em abril.

"Nós podemos afirmar hoje que inquestionavelmente nós teremos em São Paulo a abertura da Copa do Mundo, em Itaquera, no estádio do Corinthians", declarou.

Ele acrescentou que existe uma pendência com o Ministério Público sobre o terreno onde o estádio será erguido, em Itaquera, mas que nas próximas semanas um pacto deverá ser assinado entre o órgão, o Corinthians e a prefeitura.

Em novembro, o governo de São Paulo e o comitê organizador do Mundial anunciaram o futuro estádio do Corinthians como o escolhido para receber a abertura da Copa. Porém, o projeto inicial do estádio do Corinthians tinha capacidade de 48 mil, e a Fifa exige 65 mil lugares para o jogo de abertura.

O valor necessário para a ampliação da arena ainda não foi divulgado nem detalhado como será este financiamento. No entanto, o empréstimo de 400 milhões de reais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) "está caminhando bem", segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Alckmin acrescentou que o governo do Estado fará as obras do sistema viário, englobando trem e metrô.

O estádio paulista para o Mundial é uma das maiores preocupações dos organizadores. O Morumbi, primeira escolha paulista, foi descartado pela Fifa depois que o São Paulo Futebol Clube, proprietário do estádio, não apresentou as garantias financeiras para as reformas necessárias para a Copa.

No final de agosto, após reunião entre autoridades paulistas e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do comitê organizador, Ricardo Teixeira, foi definido que o futuro estádio do Corinthians seria a sede dos jogos na maior cidade do país.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Desbloqueio de rio pela PF resulta   em confronto com manifestantes
RIO PARAGUAI

Desbloqueio de rio pela
PF resulta em confronto

PM encontra 185 quilos de droga em residência no bairro Itamaracá
TRÁFICO

PM encontra 185 kg de droga em residência no Itamaracá

Governo espera resultado de prova para avaliar novo concurso
PROFESSORES

Estado espera resultado para avaliar novo concurso

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro
BRASIL

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro

Mais Lidas