Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Dilma fará "visita relâmpago" a Campo Grande na quinta-feira

16 MAR 10 - 07h:50
A ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata petista à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, deve fazer uma “visita relâmpago” a Campo Grande na próxima quinta-feira para participar, à noite, da abertura da 72ª Exposição Agropecuária da Capital (Expogrande). O evento está marcado para as 18 horas e a previsão é de que a ministra desembarque às 16h na cidade. Enquanto petistas encarregaram o senador Delcídio do Amaral de tentar agendar uma reunião de lideranças regionais do partido com a ministra, o prefeito Nelsinho Trad espera levar Dilma a visitar a obra Imbirussu-Serradinho, financiada, em parte, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Quem organiza a agenda da ministra é o cerimonial da Casa Civil em contato com o Governo do Estado e com a prefeitura. Caso ela queira visitar a obra, estamos à disposição. Temos muita coisa pronta a mostrar”, disse ontem o prefeito. Conforme Nelsinho, a obra tem três componentes que chamaram a atenção da ministra em conversas anteriores: “O aspecto do meio ambiente, com a conservação do fundo de vale preservando toda a mata ciliar; a questão habitacional com a remoção de 850 famílias removidas já todas assentadas num raio de dois quilômetros da intervenção conforme diretrizes do Ministério das Cidades; e o sistema antienchentes, que inclui drenagem na região da Vila Popular”, disse Trad. “Para terminar a obra, falta só concluir as pontes ligando um lado ao outro do córrego Imbirussu”, afirmou. Encontro petista Enquanto isso, petistas esperam que Delcídio do Amaral consiga marcar uma reunião com a ministra pré-candidata durante a visita. “Pedimos ao senador para conversar com o chefe de gabinete da Casa Civil, Giles de Azevedo, e conseguir encontro de nossas lideranças com a ministra”, informou ontem o presidente regional do PT, Marcus Garcia. O objetivo é falar com a pré-candidata sobre a campanha presidencial em Mato Grosso do Sul, já que o partido enfrentará na disputa do governo estadual o PMDB, que em nível nacional deve apoiar Dilma. “Pretendemos saber o que a ministra pensa sobre como deve ser tratado esse embate em nível regional”, disse Garcia. Mesmo que o governador André Puccinelli (PMDB) decida a ceder um duplo palanque a Dilma, apesar do enfrentamento com o ex-governador José Orcírio Miranda dos Santos (PT), os petistas não abrem mão de coordenar no Estado a campanha presidencial da candidata a suceder Lula. “A campanha da Dilma em nível estadual deverá passar necessariamente pelo PT”, adiantou o dirigente partidário. PAC 2 O senador Delcídio do Amaral disse que apesar de ele e demais integrantes da bancada federal buscarem atrair recursos para Mato Grosso do Sul referentes à segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento, o chamado PAC 2, Dilma Rousseff não “deve fazer grandes anúncios na visita de quinta-feira, embora isso não signifique que não existam grandes anúncios a fazer”. Conforme o senador, a visita da ministra deve mesmo ser rápida e se restringir ao ato de abertura da Expogrande. “A Dilma vem ao Estado para prestigiar a feira, os produtores rurais e a população de Mato Grosso do Sul”, resumiu. Delcídio, que começa a conciliar a agenda parlamentar com reuniões políticas visando a reeleição e tentará conseguir o encontro dos petistas estaduais com a ministra, afirmou que seu tempo está cada vez mais escasso com o início da pré-campanha eleitoral. “Estou batendo escanteio e cabeceando na área”, ilustrou.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Carreta de cerveja tomba enquanto motorista tentava fazer curva
ACIDENTE

Carreta de cerveja tomba enquanto motorista tentava fazer curva

Com aumento, 'Prévia do PIB' de setembro fecha com saldo positivo
ECONOMIA

Com aumento, 'Prévia do PIB' de setembro fecha com saldo positivo

Após quase cinco anos parada, obra do Aquário é retomada
FUTURO

Após quase cinco anos parada, obra do Aquário é retomada

Baião de dois
RECEITA

Baião de dois

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião