Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PRESIDENTE

Dilma é recebida com vaias em Tocantins

15 MAR 14 - 00h:00FOLHAPRESS

Em viagem ao Tocantins ontem para entregar unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida, a presidente Dilma Rousseff foi recebida com vaias de moradores e cobranças públicas do governador tucano Siqueira Campos. Dilma inaugurou um conjunto habitacional com 1.788 casas em Araguaína (386 km de Palmas), mas enfrentou protesto de moradores de um outro conjunto do programa. Isso porque a nova obra, o Residencial Costa Esmeralda, foi inaugurada já com creche, escola e posto de saúde, enquanto o Vila Azul, que teve casas entregues no fim de 2011, ainda não ganhou esses benefícios e tem problemas de infraestrutura, segundo os moradores. Eles vaiaram Dilma durante vários momentos do discurso dela e levaram cartazes com frases como "corruPTos" e "saúde sim, Copa não".

Outra saia justa foi provocada pelo governador Siqueira Campos, de quem o partido é o principal opositor de Dilma. Apesar de ter elogiado a obra e chamado a presidente de "querida", ele aproveitou seu discurso para fazer críticas e reivindicar ações do governo federal. Um exemplo foi sobre o Luz para Todos. Segundo o governador, o programa está paralisado há mais de um ano no Estado e depende de um aval da Eletrobrás para o início de um novo contrato que prevê 12 mil ligações de energia. "Dessa forma, solicito a Vossa Excelência que determine à Eletrobrás que conclua os procedimentos burocráticos", discursou Siqueira Campos, dirigindo-se à presidente Dilma.

Abordando ainda o assunto energia, o governador criticou as tarifas cobradas em Tocantins. "Damos nossa contribuição exportando mais de 80% da nossa energia produzida para Brasil afora e o povo tocantinense tem que pagar as maiores tarifas de luz. Pagamos os custos operacionais das termelétricas sem usar", reclamou. Dilma escutou as críticas com um semblante sério, sem esboçar reação. Siqueira Campos ainda finalizou o discurso com uma provocação sobre a duplicação da BR-153: "A senhora andou em uma estrada duplicada. Foi o senador João Ribeiro [PR, morto no fim do ano passado] que lutou junto ao seu governo".
Última a discursar, Dilma respondeu de forma indireta às críticas, com um tom de irritação, exaltando o programa Minha Casa Minha Vida e as políticas sociais do governo. "Aqueles que não dão importância às pessoas terem a casa própria é porque nasceram em berço esplêndido", afirmou.

E complementou falando do Minha Vida Melhor, programa que ajuda a mobiliar as casas: "Aqueles que não valorizam o cartão do Minha Vida Melhor é porque nunca tiveram de ralar, de trabalhar de sol a sol para comprar uma televisão, uma geladeira, uma cama ou um colchão". A presidente foi embora sem dar entrevista à imprensa. Procurada na noite de ontem, a Caixa não respondeu sobre as reclamações dos moradores do Vila Azul.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FUNCIONÁRIOS E CLIENTES

Explosão em empresa de gás deixa quatro mortos em Boa Vista

ELIAS MALUCO

STF derruba liminar concedida a traficante que matou Tim Lopes

POLÍTICA

'Infieis' vão à Justiça para que possam deixar PDT e PSB sem perder mandato

Senado aprova divisão de recursos do pré-sal com estados e municípios
MEGALEILÃO DO PETRÓLEO

Senado aprova divisão de recursos do pré-sal

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião