Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

GOVERNO

Dilma e Mantega farão o país ser a 5ª maior economia, diz Lula

15 DEZ 2010Por FOLHA ONLINE14h:03

O Brasil deve subir para o posto de quinta maior economia do mundo até 2016, no que depender do trabalho de "Dona Dilma" e "Dom Guido", afirmou nesta quarta-feira (15) o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante o discurso na cerimônia de balanço dos oito anos de seu governo. O Brasil ocupa hoje a oitava posição.

Lula cumprimentou os ministros e relembrou o fato de que o Brasil será a sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014, da Copa das Confederações em 2013 e dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. E afirmou que o trabalho da presente eleita, Dilma Rousseff, e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, será fundamental para atingir essa meta.

"Confio no trabalho da Dona Dilma e do Dom Guido para que o Brasil seja a quinta maior economia do mundo em 2016. Vamos receber essa medalha", afirmou Lula.

"DA CABEÇA DELA"

A uma plateia formada por integrantes e ex-integrantes de seu governo, de José Dirceu a Marina Silva, o presidente disse aos "companheiros da imprensa" que não está "querendo ensinar" Dilma a governar.

As escolhas da eleita, segundo Lula, são "de livre arbítrio da cabeça dela".

A permanência de Guido Mantega na Fazenda seria um exemplo. "Dilma se reuniu com esses companheiros no mínimo duzentas vezes mais do que eu."

Segundo Lula, ministros como Mantega e Paulo Bernardo (Planejamento) "são muito mais amigos" de sua sucessora e "estiveram mais vezes na sala da Dilma".

Leia Também