Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Dilma diz que seu legado será a saúde pública

5 JUL 12 - 19h:00AGÊNCIA BRASIL

A presidenta da República, Dilma Rousseff, disse hoje (5), em São Bernardo do Campo, que o seu legado será ter avançado na melhoria da saúde pública, dando sequência ao que começou a ser feito no mandado de seu antecessor Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo Dilma, seu objetivo é fazer com que o serviço público de saúde dê assistência em toda a cadeia de atendimento.

“Falo em partes incompletas, porque quando o presidente Lula chegou ao governo havia as unidades básicas de saúde e os hospitais, mas no meio não tinha nada. Daí a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para construir essa cadeia que vai do postinho até o hospital”, disse a presidenta, durante discurso na inauguração da UPA de São Bernardo do Campo.

Dilma ressaltou que o atendimento no sistema público de saúde precisa ser mais humanizado porque as pessoas doentes ficam fragilizadas e precisam não só do atendimento médico, mas também de atenção com qualidade e respeito. Ela reconheceu que a saúde pública tem falhas e destacou que para sanar esses problemas é preciso parcerias entre as três esferas de governo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

MS tem 91 imóveis confiscados do tráfico para serem vendidos
GUERRA AO CRIME

MS tem 91 imóveis confiscados do tráfico para serem vendidos

Presidente do Ceasa é sepultado nesta sexta-feira
DA REDAÇÃO

Presidente do Ceasa é sepultado nesta sexta-feira

Polícias estaduais apreendem cerca de uma tonelada de maconha por dia em MS
GUERRA AO CRIME

Polícia apreendeu cerca de 1 t de maconha por dia em MS

Programa da Fátima pode não ser melhor ou pior que os outros. É diferente
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Programa da Fátima pode não ser melhor ou pior que os outros. É diferente

Mais Lidas