Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Dilma diz que chanceleres tentam criar 'ambiente menos traumático' no Paraguai

22 JUN 12 - 16h:55agência brasil

A presidente da República, Dilma Rousseff, disse hoje (22) que o objetivo dos chanceleres sul-americanos que viajaram ao Paraguai é tentar “criar um ambiente para uma situação menos traumática para a democracia” naquele país. Dilma disse ainda que não é possível dizer se haverá sanções ao Paraguai.

Para a presidenta, não é possível alimentar hipóteses diante de uma situação delicada como a que enfrenta o país vizinho. “Não cabe ficar fazendo ameaça por aí”. O processo de impeachment do presidente paraguaio, Fernando Lugo, foi aberto ontem na Câmara dos Deputados e deve ser decidido, ainda nesta tarde, pelo Senado.

Dilma foi cautelosa ao tratar da questão. “A atitude dos 12 chanceleres é de muito respeito pela soberania do Paraguai, mas também de muito respeito pela democracia. Para nós, seria importante uma solução negociada, ou que seja respeitado o direito à defesa”, afirmou Dilma.

De acordo com Dilma, caso os chanceleres dos países da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) considerem que houve alguma ruptura da ordem democrática ou dos princípios elementares de Justiça, como o direito à defesa, o país poderá ser expulso de organismos multilaterais da região.

“O que torna a situação mais complicada: Lugo é presidente pro tempore da Unasul. A situação é ainda um tanto quanto mais constrangedora. Além de ser integrante da Unasul, é presidente pro tempore”, afirmou.

Segundo a presidenta, o único chanceler que não pôde se deslocar para o Paraguai foi o da Guiana. De acordo com Dilma, o fato de 12 países com posições diferentes terem tido a capacidade de agir rápido e em conjunto, em relação à crise paraguaia, mostra que a América Latina evoluiu e que hoje pode agir por si.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FLÁVIO BOLSONARO

PL livra de punição agente que neutralizar quem portar fuzil

Proposta amplia ainda mais conceito de legítima defesa
LIBERDADE DE IMPRENSA

Jornalista morre após ser baleada em confronto na Irlanda do Norte

"Concorrência pressiona aumento na bomba", afirma Sinpetro
REAJUSTE COMBUSTÍVEIS

"Concorrência pressiona aumento", afirma Sinpetro

Fiéis enchem igrejas para as celebrações da Paixão de Cristo
SEXTA-FEIRA SANTA

Fiéis enchem igrejas para
as celebrações desta sexta

Mais Lidas