Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

GOVERNO

Dilma deve oficializar toda equipe até dia 15

26 NOV 2010Por FOLHA ONLINE03h:30

O anúncio de novos ministros do governo Dilma Rousseff deve ocorrer na próxima semana. Segundo interlocutores da petista, Dilma pode indicar os ocupantes da chamada cozinha do Palácio do Planalto.

Não está descartada, no entanto, a apresentação entre hoje e amanhã de nomes do segundo escalão da área econômica --como Receita Federal e Tesouro Nacional. Ontem, Dilma oficializou a continuidade de Guido Mantega na Fazenda, e as indicações de Miriam Belchior para o Planejamento e Alexandre Tombini para o Banco Central.

Dilma recebe hoje na Granja do Torto o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, o coordenador da transição Antonio Palocci, além do assessor especial da Presidência para Assuntos internacionais Marco Aurélio Garcia.

Para a cozinha do Planalto, Dilma convidou Palocci para a Casa Civil e Gilberto Carvalho para a Secretaria-Geral da Presidência. Giles Azevedo deve ser seu chefe de gabinete.

Além deles, Dilma já formalizou convites para o ministro Paulo Bernardo, de saída do Planejamento, e o deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP), que deve assumir o Ministério da Justiça.

Há a expectativa de que Dilma oficialize toda sua equipe até o dia 15 de dezembro, antevéspera de sua diplomação.

MERCOSUL

Em meio às articulações para a composição de seu governo, a presidente eleita decidiu prestigiar a reunião do Mercosul que reúne os presidentes sul-americanos mais próximos do Brasil, em Foz do Iguaçu.

Ela deve participar de um jantar no dia 16 do mês que vem com os presidentes Fernando Lugo (Paraguai), José Mujica (Uruguai), Cristina Kirchner (Argentina) e, claro, Luiz Inácio Lula da Silva.

Para se dedicar a formação de sua equipe, Dilma desistiu de participar do encontro da Unasul (União de Nações Sul-Americanas) hoje em Georgetow, na Guiana. Nesse encontro, deverá ser discutido quem substituirá Néstor Kirchner, que presidia a Unasul e morreu em outubro.

Leia Também