Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Cobrança

Dilma ameaça cortar redução de IPI se indústria não gerar emprego

27 JUL 12 - 10h:09AGÊNCIA BRASIL

A presidente Dilma Rousseff cobrou hoje (27) dos empresários contrapartida, como a garantia de empregos, em resposta à decisão do governo de reduzir o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os automóveis e a desoneração do tributo para os eletrodomésticos da linha branca e móveis. A presidente disse ainda que o governo faz estudos para promover uma série de desonerações. Mas não detalhou informações sobre o levantamento.

“Damos incentivos fiscais e financeiros e queremos retorno”, destacou Dilma, antes de almoçar com atletas brasileiros, em Londres. “Não [queremos retorno] para nós, mas para o país inteiro, que é a manutenção do emprego. Damos incentivo para garantir emprego. Eles têm de saber que é por esse único motivo”, ressaltou.

A cobrança de Dilma ocorre no momento em que o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP) pede a interferência do governo para evitar demissões na montadora General Motors (GM).

No final de maio, o governo federal reduziu o IPI para os carros – os de motor 1.0 – até 31 de agosto. Mas condicionou a medida à manutenção do nível de empregos no setor. Porém, na semana passada, a GM anunciou o plano de demissões na montadora em São José dos Campos (SP). A direção da montadora foi chamada a dar explicações no Ministério da Fazenda.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Município de MS tem estado de emergência decretado devido as fortes chuvas
QUEDA DE PONTE

Município de MS tem estado de emergência decretado devido as fortes chuvas

Tarifa de ônibus sobe hoje; linhas e horários passarão por revisão
TRANSPORTE COLETIVO

Tarifa de ônibus sobe hoje; linhas e horários passarão por revisão

Sucesso do “BBB” é uma exceção na história dos formatos
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Sucesso do “BBB” é uma exceção na história dos formatos

Sobe para cinco o número <br> de presos recapturados
FUGA EM MASSA

Sobe para cinco o número
de presos recapturados

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião