Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Dieta com pouca gordura não diminui risco de ataque cardíaco

5 JUL 12 - 12h:30terra

Cortar alimentos gordurosos do cardápio pode não ser a solução para proteger o seu coração. A advertência vem de um grupo de pesquisadores ingleses, da Universidade de Cambridge. As informações são do Daily Mail.

Segundo o estudo, um dos maiores realizados até hoje, eliminar do prato as gorduras saturadas não é bastante para se proteger das doenças coronárias. Para a dieta ser mais eficiente, é necessária uma alimentação rica em Ômega 6 - um ácido graxo poliinsaturado, presente em óleos vegetais, castanhas e sementes.

O estudo, feito com 25 mil voluntários entre 40 e 79 anos, apontou que quem simplesmente corta as gorduras saturadas das refeições, continua a ter as mesmas chances de sofrer um ataque cardíaco que as pessoas que consomem gorduras normalmente.

"Nós descobrimos que não basta cortar as gorduras saturadas da alimentação. É preciso enriquecê-la com ácidos graxos insaturados", diz Kay Thee Khaw, líder do estudo. 

Com a pesquisa foi possível concluir que as pessoas que corriam maior risco de sofrer um ataque cardíaco eram as que consumiam muita gordura saturada e pouco Ômega 6. Esse grupo estava 50% mais propenso a sofrer ataques do que aqueles que tinham uma alimentação balanceada.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

VAZA-JATO

Procuradores trocaram mensagens sobre Flávio Bolsonaro, afirma site

BRASIL

Marinha proíbe uso de celular em suas instalações

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa
ECONOMIA

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda
ECONOMIA

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda

Mais Lidas