Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

CASO SCOOBY

Diante da reação popular, Nelsinho diz que cachorro não será sacrificado

12 JUL 2012Por Gabriel Maymone15h:55

Duas horas depois de publicar em seu Facebook que o cachorro Scooby seria sacrificado, caso exame confirmasse leishmaniose, o prefeito Nelsinho Trad anunciou em seu perfil, às 15h46min, que o animal não será mais sacrificado: “Foi um caso que sensibilizou toda a população, principalmente devido as atrocidades que passou com seu antigo dono. Me prontifiquei a dar uma atenção especial a essa questão. Agora ficaremos no aguardo da resposta ao tratamento torcendo para ser o melhor possível e logo em seguida determinarem o seu novo lar”, disse o prefeito.

Ontem (11), o Abrigo dos Bichos protocolou uma petição pública com mais mil assinaturas solicitando ao Centro de Controle de Zoonose (CCZ) a guarda provisória do animal para que ele seja reabilitado e colocado para adoção. Com a repercussão do caso, o abaixo assinado já conta com cerca de 9 mil assinaturas.

Caso

Os donos do animal o amarraram em uma motocicleta e o arrastaram por cerca de quatro quilômetros do Bairro Aero Rancho até o CCZ. Os dois homens assinaram um termo de compromisso na delegacia de polícia e foram indiciados por maus-tratos, além de serem multados em R$ 6 mil pela Polícia Militar Ambiental (PMA) por crime ambiental.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também